PMs matam dois suspeitos de roubar motoristas de aplicativos em Salvador

salvador
12.04.2020, 16:12:00

PMs matam dois suspeitos de roubar motoristas de aplicativos em Salvador

Mulher também foi presa em Campinas de Pirajá; trio agia em conjunto para assaltar motoristas e tinha roubado carro

Dois homens, suspeitos de roubar motoristas de aplicativos em Salvador, foram mortos por policiais militares (PMs) na tarde deste sábado (11). 

De acordo com a polícia militar, guarnições da Operação Gêmeos patrulhavam na BR-324 quando foram alertados pelo Centro Integrado de Comunicações (Cicom) sobre o roubo do veículo modelo KA, placa QWX-9633, no bairro da Palestina, que fica no limite com o município de Simões Filho, às margens da BR-324.

As equipes se dividiram e durante varreduras localizaram três suspeitos em um ponto de ônibus, perto de um posto de gasolina, em Campinas de Pirajá. Ainda segundo a PM, quando as viaturas fizeram o cerco a mulher se entregou e os homens correram para um matagal. "Houve confronto e a dupla acabou atingida. Mesmo sendo socorridos para o Hospital do Subúrbio, os assaltantes não resistiram aos ferimentos", diz a PM, em nota. 

Com eles foram apreendidos dois revólveres calibres 38 e 22, munições e R$ 151 em espécie. Durante conversa com os policiais, a criminosa contou que o carro roubado tinha sido colocado perto da fábrica Papaiz, no bairro de Pirajá. Com isso, o automóvel foi localizado.

A assaltante, então, foi conduzida até o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde o caso foi registrado.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas