PMs são presos sob suspeita de torturar e matar homem no sul da Bahia

bahia
09.03.2022, 20:49:00
Vítima foi torturada até a morte na delegacia de Itapebi (Foto: Reprodução/TV Bahia)

PMs são presos sob suspeita de torturar e matar homem no sul da Bahia

Crime aconteceu na delegacia do município de Itapebi, após os policiais tentarem obter a confissão de que a vítima havia furtado um celular

A pedido do Ministério Público estadual (MP-BA), a 1ª Vara da Auditoria Militar decretou a prisão de dois policiais militares denunciados por crime de tortura que resultou na morte de um homem no município de Itapebi, no sul da Bahia. Os decretos de prisão foram cumpridos nesta quarta-feira (9) pela Corregedoria da Polícia Militar da Bahia.

Os dois policiais lotados na 7ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) de Eunápolis foram denunciados por meio de uma atuação conjunta do Grupo de Atuação Especial Operacional de Segurança Pública (Geosp) e a 6ª Promotoria de Justiça de Eunápolis.

Conforme consta na denúncia, no dia 16 de janeiro deste ano, por volta das 17h, os denunciados causaram intenso sofrimento físico e mental em um homem em Itapebi, com o objetivo de obter a confissão de que a vítima havia furtado um aparelho celular. Os atos de tortura praticados pelos dois policiais causaram a morte da vítima.

Ainda segundo a denúncia, a vítima se encontrava no ‘Bar do Zai’, situado na Travessa Belmonte, na região central de Itapebi, quando os denunciados chegaram e fecharam a porta do estabelecimento. Em seguida, teriam perguntado para a vítima a respeito de um aparelho de telefone celular que ela havia supostamente furtado.

O ofendido teria respondido que não havia furtado o celular e então os denunciados teriam agredido fisicamente a vítima, sem que esta esboçasse qualquer reação, até a morte. Os dois policiais estão presos à disposição da Justiça.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas