Polícia apreende 10 motos e encerra disputa de racha em Salvador

salvador
14.01.2022, 18:24:41
Atualizado: 14.01.2022, 18:28:38
(Divulgação/SSP)

Polícia apreende 10 motos e encerra disputa de racha em Salvador

Grupo de motociclistas se concentrava em trecho da avenida ACM quando foi abordado por equipes das 35ª e 26ª CIPMs

Dez motocicletas pertencentes a um grupo que realiza disputa de ‘racha’ e manobras arriscadas na Avenida Antônio Carlos Magalhães (ACM) foram apreendidas por equipes das 35ª e 26ª Companhias Independentes da Polícia Militar (CIPMs/Iguatemi e Brotas), na madrugada desta sexta-feira (14). Os veículos, que estavam sem placas, foram interceptados na ação.

Segundo informações da PM, policiais que integram a operação ‘Ronda Noturna’ – responsável pelo reforço policial durante a noite e a madrugada da capital baiana – foram acionados pelo Centro Integrado de Comunicações (Cicom) da SSP, por volta das 2 horas da manhã, após denúncias de um grupo com 50 motos praticando irregularidades, na esquina de uma famosa rede de fast food.

“Nós já tínhamos conhecimento desse grupo, já estávamos prontos para abordá-los e essa foi a oportunidade perfeita. As informações davam conta de que eles se reuniam e se misturavam entre os motoboys do restaurante para fazer a arruaça”, contou o subcomandante da 35ª CIPM, capitão Leonardo Sampaio.

Ao perceberem a presença das guarnições, alguns motociclistas fugiram, mas dez conseguiram ser alcançados. As motos XRE 300, Hondas Fan, CG, KD, 160 e POP 100, maioria sem placa ou com documentação irregular foram apreendidas.

“Verificamos as irregularidades e acionamos novamente o Cicom para solicitar apoio da Superintendência de Trânsito do Salvador (Transalvador), que enviou três guinchos para pegar as motos e deixá-las no pátio da Avenida Barros Reis”, concluiu Sampaio. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas