Polícia apreende passaporte e mais de R$ 470 mil na casa de Nego do Borel

em alta
28.01.2021, 12:39:00
Atualizado: 28.01.2021, 12:47:59
Polícia na casa de Nego do Borel (Reprodução/TV Globo)

Polícia apreende passaporte e mais de R$ 470 mil na casa de Nego do Borel

Dois mandados foram cumpridos no Rio e em SP após denúncia de Duda Reis

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Polícia Civil de São Paulo apreendeu mais de R$ 470 mil em dinheiro, aparelhos eletrônicos e o passaporte do cantor Nego do Borel nesta quinta-feira (28). Agentes do Rio de Janeiro apoiaram a ação, que cumpriu dois mandados de busca e apreensão contra o funkeiro, um deles na mansão dele na Zona Oeste do Rio. Todo material apreendido será encaminhado para São Paulo.

"O dinheiro estava em um cofre, conforme a Duda Reis havia mencionado. E havia no mandado um pedido para apreender dinheiro em espécie, como encontramos", disse a diretora do Departamento Geral de Polícia de Atendimento à Mulher, delegada Sandra Ornellas, ao G1.

As buscas estão ligadas à queixa prestada por Duda Reis, ex-noiva do cantor, na 1ª Delegacia de Defesa da Mulher, em São Paulo. Os dois terminaram a relação em dezembro do ano passado e recentemente Duda o acusou de agressões e ameaças. Nego do Borel nega.

A busca na mansão do cantor no Recreio dos Bandeirantes terminou com apreensão do passaporte de Nego do Borel, além do dinheiro, guardado em um cofre. No endereço em São Paulo, onde o cantor estava, foram apreendidos telefones e um computador.

A defesa não quis comentar. Nego do Borel também prestou queixa contra Duda, a quem acusa de injúria, calúnia e difamação.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas