Polícia Civil da Bahia prende 380 pessoas em megaoperação contra o tráfico

bahia
24.06.2021, 17:01:35
Atualizado: 24.06.2021, 17:36:15
(Fotos: Divulgação/SSP-BA)

Polícia Civil da Bahia prende 380 pessoas em megaoperação contra o tráfico

Operação Narco Brasil, deflagrada pelo MJSP e realizada desde o dia 1º, também apreendeu 354 kg de drogas

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Os 417 municípios baianos foram alvos da Operação Narco Brasil, integrada pela Polícia Civil da Bahia, por meio de três departamentos, e deflagrada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) em todo o território nacional. As ações da megaoperação, realizadas entre 1º e 24 de junho, contabilizaram 380 prisões e a apreensão de 354 quilos de drogas em todo estado, de acordo com informações da Secretaria da Segurança Pública (SSP).

Além de prisões em flagrante, mais de 250 policiais civis dos Departamentos de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), de Polícia Metropolitana (Depom), de Polícia do Interior (Depin) e da Coordenação de Polícia Interestadual (Polinter) cumpriram mandados de prisão e de busca e apreensão de envolvidos com o tráfico de drogas na Bahia. 

(Foto: Ascom-PC/Haeckel Dias)
(Foto: Ascom-PC/Haeckel Dias)
(Foto: Ascom-PC/Haeckel Dias)
(Foto: Ascom-PC/Haeckel Dias)
(Foto: Ascom-PC/Haeckel Dias)
(Foto: Ascom-PC/Haeckel Dias)

A Delegada-Geral Heloísa Campos de Brito avaliou o reflexo das ações: “O tráfico de drogas é um crime que impulsiona outros, a exemplo dos homicídios, formação de grupos criminosos, além dos crimes contra o patrimônio. Estes resultados da Narco Brasil representam o enfraquecimento da criminalidade e o fortalecimento da ordem social em nosso estado. A Polícia Civil da Bahia seguirá integrada com o MJSP e todas as instituições envolvidas com a segurança pública, em defesa da sociedade baiana”.

A Assessoria Executiva de Operações de Polícia Judiciária (AEXPJ), do Gabinete da Delegada-Geral (GDG), coordenou as ações, que também apreenderam 90 armas de fogo e cumpriram 61 mandados de busca e apreensão, além de instaurar 295 inquéritos policiais e concluir 149. 

“O apoio do MJSP e a integração e dedicação dos nossos delegados, escrivães e investigadores envolvidos com a operação foram fundamentais para estes resultados. Continuaremos alinhados nesta cadência, para avançarmos ainda mais”, complementou a delegada-geral. As informações são da SSP.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
  • Assinaturas: 71 3480-9140
  • Anuncie: 71 3203-1812
  • Ache Aqui Classificados: 71 3480-9130
  • Redação: 71 3203-1048