Polícia destrói plantação de maconha no Extremo Sul da Bahia

bahia
03.02.2017, 17:42:00
Atualizado: 03.02.2017, 17:42:13

Polícia destrói plantação de maconha no Extremo Sul da Bahia

De acordo com a polícia, alguns pés da planta chegavam a medir até dois metros de altura

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Uma plantação com dezenas de pés de maconha, alguns com até dois metros de altura, foi localizada numa propriedade, em Arraial d’Ajuda, no Extremo Sul da Bahia. Segundo informações da Polícia Civil, a plantação foi localizada na quinta-feira (2) e erradicada por investigadores da Delegacia Territorial de Porto Seguro.

(Foto: Divulgação/Polícia Civil) 

Com o dono do imóvel, Juvenildo das Neves Portela, foram encontradas ainda três espingardas e 300 gramas de sementes de maconha. Interrogado, pelo delegado Sinézio Vieira Júnior, titular da DT/Arraial d’Ajuda, ele confessou que cultivava e vendia a droga no povoado de Sapirara.

Juvenildo já havia sido preso anteriormente por tráfico de drogas. Ele foi autuado em flagrante e responderá também pela posse das armas. Alguns pés de maconha foram apreendidos e encaminhados para exames periciais no Departamento de Polícia Ténica (DPT).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas