Polícia prende dupla acusada de matar e torturar adolescentes no Tabuão

salvador
16.05.2019, 17:39:00
Atualizado: 16.05.2019, 17:49:03
(SSP-BA/Divulgação)

Polícia prende dupla acusada de matar e torturar adolescentes no Tabuão

Das cinco vítimas, quatro são adolescentes; um deles foi assassinado

O Correio oferece acesso livre a todas as notícias relacionadas ao coronavírus. Entendemos que informação séria e confiável é importante nesse momento. Colabore para que isso continue. Assine o Correio.


Uma dupla suspeita de matar duas pessoas ainda não identificadas e torturar outros três adolescentes - um de 16 anos e outro de 17 - foram presos nesta quinta-feira (16). O caso aconteceu na noite dessa quarta-feira (15), em um casarão na Ladeira do Tabuão, ligação entre o Centro Histórico e o bairro do Comércio, em Salvador.

De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), os criminosos foram identificados como Evandro Carvalho dos Santos, de 32 anos, o “Bracinho”, e Vanderson Santana Luz, o “Manicômio”. les foram presos por policiais militares que faziam buscas na região onde ocorreram os crimes e autuados na 3ª Delegacia de Homicídios (DH/BTS).

De acordo com a delegada Pilly Dantas, das cinco vítimas, quatro são adolescentes, sendo que um deles acabou sendo assassinado. “Um dos mortos, ainda não identificado, não estava com os garotos, apesar de ter sido levado para o mesmo local onde ocorreram as torturas”, explica.

Uma das vítimas foi identificada como Samuel Bispo dos Santos, que não teve sua idade divulgada. O segundo óbito teve identidade ignorada e a família ainda não foi fazer o reconhecimento do corpo no Instituto Médico Legal Nina Rodrigues (IMLNR).

A delegada informou ainda que os criminosos confirmaram que as vítimas são integrantes de uma facção rival. “Os quatro adolescentes se dirigiam à região da Gamboa, quando foram interceptados por três homens com armas de fogo e facas, que os obrigaram a entrar no casarão”, acrescenta.

Evandro e Vanderson estão à disposição da Justiça. Já os adolescentes torturados receberam atendimento médico.

A Polícia Civil investigará o crime.

Relembre o caso
Após a denúncia da morte de duas vítimas do sexo masculino e da tortura de três adolescentes, a polícia chegou ao local, um casarão no Comércio para apurar o caso. Populares disseram que o imóvel estava sendo utilizado por membros de facções para cometerem atos de tortura contra integrantes de gangues rivais.

A versão da Polícia Militar é de que ao chegarem ao local, PMs da 16ª Companhia Independente (CIPM/Comércio) foram recebidos a tiros. Em nota, a corporação informa que um homem envolvido nas agressões foi preso e conduzido para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) - os comparsas, não foi informado quantos, conseguiram fugir.

Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO

No local, os policiais teriam ouvido discussões entre os suspeitos e logo após identificaram dois homens caídos no chão. As vítimas ainda foram socorridas ao Hospital Geral do Estado (HGE), mas já chegaram mortos. Segundo registro policial na unidade hospitalar, uma das vítimas apresentava perfuração por faca e a outra, ferimento de arma de fogo na região do peito.  

Foram encontrados dois adolescentes amarrados que, segundo depoimento deles, foram torturados e seriam mortos por outros integrantes da facção rival. No local foi encontrado uma faca que possivelmente tenha sido utilizada no crime. 

Após  a ação, outro adolescente, que estava prédio, foi encontrado ferido por uma pedra na cabeça, e deu entrada no HGE logo depois.

Segundo informações da polícia, os mortos aparentam ter entre 27 e 28 anos - a delegada Pilly, no entanto, disse depois que um deles era adolescente. Eles ainda foram socorridos para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas já chegaram a unidade de saúde sem vida. 

A equipe isolou a área e acionou o Serviço de Investigação em Local de Crime (Silc) para remoção e realização de perícia. Na manhã desta quinta-feira (16), a PM prendeu mais um dos acusados pelo crime. A Polícia Civil investigará o crime.

Confira na íntegra a nota da PM:
"De acordo com informações da 16ª CIPM, na noite de quarta-feira (15), por volta das 19h, policiais militares da unidade foram acionados para atender uma denúncia de tortura e homicídio dentro de um casarão na Ladeira do Tabuão, no bairro do Comércio. No local, a guarnição localizou três pessoas com sinais de tortura e duas vítimas fatais. Ao perceber a presença dos policiais, os autores dos crimes efetuaram vários disparos de arma de fogo contra a guarnição. Na ação, um dos autores foi preso e conduzido para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Os demais conseguiram fugir. A guarnição isolou a área e acionou o Serviço de Investigação em Local de Crime (Silc) para remoção e realização de perícia. Na manhã desta quinta-feira (16), a PM prendeu mais um dos acusados pelo crime. A Polícia Civil investigará o crime."

*Com supervisão da chefe de reportagem Perla Ribeiro

***

O CORREIO entende a preocupação diante da pandemia do novo coronavírus e que a necessidade de informação profissional nesse momento é vital para ajudar a população. Por isso, desde o dia 16 de março, decidimos abrir o conteúdo das reportagens relacionadas à pandemia também para não assinantes. O CORREIO está fazendo um serviço de excelência para te manter a par de todos os últimos acontecimentos com notícias bem apuradas da Bahia, Brasil e Mundo. Colabore para que isso continue sendo feito da melhor forma possível. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/surto-de-lives-na-quarentena-transmissoes-ao-vivo-se-tornaram-comuns-e-ate-memes/
Confira também uma lista de perfis para acompanhar os 'ao vivo'
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/autor-de-video-compartilhado-por-bolsonaro-pode-pegar-6-meses-de-prisao/
Gravação trazia informações falsas sobre desabastecimento de alimentos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/abner-pinheiro-publica-foto-com-bebe-nunca-vou-desistir-de-voce/
Briga após influencer baiano descobrir que não é o pai de sangue de bebê foi o assunto mais comentado nas redes sociais
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-polemica-com-teste-de-dna-e-traicoes-sthe-vai-processar-abner/
Briga após influencer baiano descobrir que não é o pai de sangue de bebê foi o assunto mais comentado nas redes sociais
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/em-live-com-miley-cyrus-anitta-e-chamada-de-icone-pop-brasileiro/
Cantoras conversaram via Instagram e dançaram Rave de Favela
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/ajustes-deixaram-a-ranger-mais-competitiva/
Em vídeo, Antônio Meira Jr., explica o que mudou na picape da Ford
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-teste-de-dna-e-traicoes-abner-e-sthe-ganham-mais-de-16-mi-de-seguidores/
Treta após baiano descobrir que não é o pai de sangue de bebê foi o assunto mais comentado do mundo nas redes sociais
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/baco-exu-do-blues-lanca-ep-contra-o-tedio-da-quarentena/
Preso em casa, artista produziu nove faixas em três dias
Ler Mais