Polícia usará imagens de câmeras para identificar autores do ataque contra ônibus do Bahia

e.c. bahia
24.02.2022, 22:20:55
(Foto: Reprodução)

Polícia usará imagens de câmeras para identificar autores do ataque contra ônibus do Bahia

Dois jogadores foram atingidos pela bomba no atentado

O ataque contra o ônibus do Esporte Clube Bahia na noite desta quinta-feira (24) está sendo investigado pela Polícia Civil. Imagens de câmeras de seguranças que ficam no entorno da Arena Fonte Nova serão analisadas para identificar os criminosos. Segundo a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-Ba), equipes da Polícia Militar também realizam rondas na região do estádio, na tentativa de capturar os autores. No atentado, dois jogadores que estavam dentro do coletivo ficaram feridos.

Ainda de acordo com a SSP, guias para perícia no veículo atingido e exames de lesões corporais nos atletas foram expedidas. "Vamos coletar imagens de câmeras, depoimentos dos jogadores e também de testemunhas que passavam pelo local, naquele momento. Atuaremos com força máxima para identificar e prender os autores", ressaltou o delegado Victor Spínola, titular da 12ª Delegacia Territorial (Itapuã) e que está de plantão na Delegacia da Arena Fonte Nova.

O governador Rui Costa, conhecido torcedor do Esquadrão, reagiu ao ataque e o chamou o atentado de "covarde" nas redes sociais. "Futebol não é campo de guerra, é paixão. Determinei imediata apuração. Jogadores, sejam eles do Bahia, Vitória ou qualquer outro time, são profissionais e merecem respeito", escreveu Rui. O governador ainda disse que o crime será investigado e os autores do crime devem ser julgados pela Justiça.

Ataque
O veículo foi atingido, na Avenida Bonocô, quando chegava na Arena Fonte Nova para jogo da Copa do Nordeste contra a equipe do Sampaio Corrêa. Na ação criminosa, o goleiro Danilo Fernandes e o lateral esquerdo Matheus Bahia ficaram feridos. Ao que se sabe, três bombas foram lançadas em direção ao veículo. 

Danilo sofreu ferimentos no rosto e precisou ser socorrido por uma ambulância da Fonte Nova. Ele foi encaminhado para um hospital. O estado dele não é grave. Já Matheus foi atingido pelos estilhaços no braço.

Um carro que transitava ao lado do ônibus tricolor, na altura do último viaduto da Av. Bonocô, dirigido por uma mulher, também acabou atingido pela explosão. Ela passa bem. O veículo sofreu danos e ficou sem o vidro traseiro do lado esquerdo.

Em nota, a Arena Fonte Nova repudiou o ocorrido: "A Arena Fonte Nova repudia veementemente o ataque desferido ao ônibus do Esporte Clube Bahia, este fato lamentável e reprovável, ocorreu quando o ônibus passava nas imediações da Estação do Metrô de Brotas, próximo ao viaduto de Pitangueiras. Apesar do fato ter ocorrido fora do local do jogo, a Arena prestou toda a assistência necessária aos feridos com o acionamento dos brigadistas e de ambulância".

Essa não é a primeira vez que o elenco tricolor sofre algum tipo de ameaça este ano. Em janeiro, membros da torcida organizada Bamor invadiram o CT Evaristo de Macedo para cobrar dos jogadores, comissão técnica e diretoria. Como eles não estavam autorizados a entrar, a diretoria chegou a registrar Boletim de Ocorrência.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas