Policiais baianos usarão app para consultar sobre mandados de prisão e carros roubados

bahia
20.10.2020, 06:03:00

Policiais baianos usarão app para consultar sobre mandados de prisão e carros roubados

Novidade do Ministério da Justiça será apresentada durante o Senasp Itinerante, que ocorre em Natal (RN) a partir desta terça (20)

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

De forma inédita, a Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça e Segurança Pública (Senasp/MJSP) está percorrendo as cinco regiões do País com a ação “Senasp Itinerante”. O objetivo é ampliar a interlocução da pasta com as secretarias estaduais da área e ouvir as principais demandas dos Estados para apresentar possíveis soluções voltadas à melhoria da segurança pública tendo em vista a realidade local.

A região Nordeste será a segunda a receber o projeto, que acontece em Natal (RN), desta terça-feira (20) até quinta (22).

Segundo o MJSP, durante o evento, serão apresentadas sugestões para melhoria das condições de trabalho, como o aplicativo Sinesp Agente de Campo, ferramenta digital gratuita que será entregue pela Secretaria Nacional de Segurança Pública às forças policiais para acesso a mandados de prisão e busca nacional de veículos roubados, entre outras operações.

O aplicativo é destinado aos agentes do Sistema Único de Segurança Pública (Susp) que já utilizam as ferramentas do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp).

Somente na região Nordeste, o aplicativo vai integrar 20.039 agentes. No estado da Bahia, serão integrados 3.179 agentes da segurança pública. Esse número é referente aos agentes que já utilizam as ferramentas do Sinesp e que poderão ter acesso ao novo Agente de Campo.

O secretário Nacional de Segurança Pública, Renato Paim, apresentará aos atores participantes o portfólio do órgão. Estarão presentes os comandantes-gerais das polícias militares, comandantes-gerais dos corpos de bombeiros militares, chefes de polícia civil e dirigentes de polícia científica de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe, além de secretários estaduais de segurança pública.

Na ocasião, também serão debatidos o fortalecimento das instituições, políticas de prevenção à violência, valorização dos profissionais da segurança pública.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas