Por vaga na final do Nordestão, Bahia encara Fortaleza no Castelão

e.c. bahia
24.04.2021, 05:00:00
Rodriguinho já brilhou contra o Fortaleza esse ano e é uma das apostas do Bahia para chegar à final do Nordestão (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Por vaga na final do Nordestão, Bahia encara Fortaleza no Castelão

Tricolor entra em campo neste sábado (24), às 20h30

Agora é tudo ou nada para o Bahia, que neste sábado (24) fará um dos jogos mais decisivos da temporada. A partir de 20h30, o Esquadrão mede forças com o Fortaleza, no estádio Castelão, por uma vaga na final da Copa do Nordeste.

Como o regulamento prevê jogo único na semifinal, o tricolor precisa vencer na capital cearense para avançar à decisão. Em caso de empate, o classificado será conhecido nos pênaltis. Quem passar vai enfrentar na final o vencedor de Ceará x Vitória.

Para disputar a sua nona final, o Bahia aposta em um trio que está fazendo sucesso. Juntos, Gilberto, Rodriguinho e Rossi são responsáveis por metade dos 20 gols que o Esquadrão anotou na competição regional. O time é dono do melhor ataque do torneio e conta com o artilheiro. Gilberto balançou as redes sete vezes.

Aliás, a boa notícia para o técnico Dado Cavalcanti é justamente o retorno do seu tridente ofensivo, que não foi formado na última partida, contra o City Torque, pela Sul-Americana, já que Rossi estava suspenso. Gabriel Novaes, que negocia a transferência para o Red Bull Bragantino, e o volante Jonas, recuperado de lesão, também foram relacionados. 
 
Além da boa fase do ataque, o tricolor sabe que a solidez defensiva também será importante. A dupla de zaga formada por Luiz Otávio e Germán Conti conseguiu dar mais segurança na retaguarda e o time tem evoluído com as peças que já estão à disposição do treinador. 

O confronto deste sábado será o terceiro entre Bahia e Fortaleza em 2021. O histórico de momento está empatado com uma vitória pra cada lado. O time cearense venceu em casa por 2x1, no último dia 9, pela fase de grupos do Nordestão, e o tricolor baiano goleou por 4x0, em fevereiro, na reta final do Brasileiro. Naquele jogo, Rodriguinho foi o grande destaque e marcou três gols. O resultado foi fundamental para livrar o Bahia do rebaixamento e ainda colocou o Esquadrão em boa condição para depois garantir a vaga na Copa Sul-Americana.  

Tricampeão, o Bahia busca a sua nona classificação à final da Copa do Nordeste. Passar pelo Leão do Pici não seria algo inédito. Há 20 anos, o Esquadrão eliminou os cearenses na semifinal ao vencer por 2x1, na Fonte Nova. Na ocasião o confronto também foi em jogo único.  Washington e Luís Carlos Capixaba marcaram os gols do Bahia, e Júnior Amorim descontou para o Fortaleza. Na final, o Esquadrão derrotou o Sport por 3x1 e levantou a taça pela primeira vez.

Por sinal, o retrospecto do Bahia é muito positivo quando o assunto é a semifinal do Nordestão. De 10 participações, garantiu classificação em oito. Nos últimos quatro anos o clube esteve em três finais - campeão em 2017 e vice em 2018 e 2020. Já o Fortaleza tem o histórico de quatro semifinais e apenas uma decisão do torneio, em 2019, ano do seu único título.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas