Prefeitura de cidade paulista cobra Silvio Santos por R$ 2 milhões de IPTU atrasado

em alta
01.03.2021, 17:49:04
Atualizado: 01.03.2021, 18:03:42
(Reprodução)

Prefeitura de cidade paulista cobra Silvio Santos por R$ 2 milhões de IPTU atrasado

Município do litoral de São Paulo cobra na Vara de Fazenda Pública imposto referente a hotel que pertence ao apresentador

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A prefeitura de Guarujá, no litoral de São Paulo, cobra, através de uma ação de execução fiscal contra o apresentador Silvio Santos, a dívida de pouco mais de R$ 2 milhões.

O processo, que corre na Vara de Fazenda Pública no Foro de Guarujá, é referente ao pagamento de IPTU de um imóvel no nome do apresentador.

De acordo com o UOL, o empreendimento é o hotel Sofitel Guarujá Jequitimar, que pertence ao apresentador. O hotel fica na Praia de Pernambuco e é administrado pela empresa Accor.

Os valores acumulados, que somam R$ 2.015.887,34, são referentes ao período entre abril e dezembro de 2020.

O apresentador e a assessoria do hotel ainda não se pronunciaram sobre a cobrança.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas