Presidente de Taiwan é reeleita propondo postura mais dura em relação à China

mundo
11.01.2020, 17:43:00

Presidente de Taiwan é reeleita propondo postura mais dura em relação à China

Pequim ainda diz ter soberania sobre a ilha, que tem população estimada em 23 milhões de pessoas

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Tsai Ing-wen foi reeleita presidente de Taiwan com ampla vantagem neste sábado, 11,, sinalizando forte apoio por sua postura dura contra a China entre eleitores determinados a defenderem sua forma democrática de viver.

Tsai derrotou o candidato Han Kuo-yu, do partido nacionalista, com 57,2% dos votos contra 38,6% de Han, com praticamente todos os votos contados. Ela não demorou para alertar a China para não tentar usar ameaças de força contra a ilha. "Hoje eu quero novamente lembrar as autoridades de Pequim que paz, paridade, democracia e diálogo são as chaves para a estabilidade", disse Tsai no discurso de vitória. "Eu quero que autoridades de Pequim saibam que Taiwan e nosso governo democraticamente eleito nunca cederão a ameaças".

Ela afirmou ainda: "Eu espero que Pequim mostre sua boa vontade" Eleitores de Taiwan "mostraram que quando nossa soberania e democracia são ameaçadas, o povo de Taiwan gritará nossa determinação de modo ainda mais alto."

Taiwan desenvolveu sua própria identidade desde a separação da China na guerra civil em 1949, mas nunca declarou independência formal. Pequim ainda diz ter soberania sobre a ilha de 23 milhões de pessoas e ameaça usar força para tomar controle se necessário.

Ma Xiaoguang, porta-voz do Escritório chinês de Assuntos de Taiwan, disse que a China protegeria firmemente sua integridade territorial e que se opõe a qualquer esquema separatista e à independência de Taiwan, de acordo com a agência oficial chinesa Xinhua News. Ele disse que a China está disposta a trabalhar com o povo de Taiwan para avançar na "reunificação pacífica do país"

Tsai, a presidente reeleita, conseguiu ganhar em áreas que tradicionalmente eram vencidas por candidatos mais próximos da China, como o Centro e o Sul de Taiwan. O partido dela também manteve sua maioria no legislativo, mas com resultado mais apertado. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas