Presidente do Ceará brada após jogo com Bahia ser adiado: 'Egoísmo'

ba-vi
29.09.2021, 17:42:00
Robinson de Castro não gostou da remarcação do jogo entre Bahia e Ceará (Foto: Reprodução )

Presidente do Ceará brada após jogo com Bahia ser adiado: 'Egoísmo'

Duelo entre baianos e cearenses será disputado no dia 27 de outubro

A decisão do conselho de clubes da Série A e da CBF em adiar a partida entre Bahia e Ceará - inicialmente marcada para este sábado (2) e reagendada para o dia 27 de outubro -, irritou o presidente do clube alvinegro.

Em entrevista à TV Verdes Mares Robinson de Castro disse que o Ceará foi prejudicado e que a decisão dos clubes é fruto do egoísmo. O jogo entre as equipes foi alterado por conta do retorno das torcidas nas partidas da Série A a partir do final de semana. 

Como o Bahia não conseguiu a liberação do governo de estado para ter público nas arquibancadas, o entendimento foi o de preservar a isonomia do torneio e aguardar até que o clube baiano também tenha o apoio do seu torcedor. 

"Fiquei indignado na reunião. Fui sempre solidário a todos e adiaram o jogo do Ceará com o Bahia. Foi egoísmo. Isso acabou prejudicando o Ceará. Já foi adiado o jogo com o Palmeiras, e os jogos com Internacional e Atlético podem ser adiados também. Sempre fomos ativos para o retorno do público, articulando com o Governo do Estado e Federação, mas ninguém foi solidário com o Ceará", disse o dirigente.

Por conta dos jogos da Seleção Brasileira na Eliminatória para a Copa do Mundo de 2022, o Ceará pode ter mais dois jogos adiados. Assim, o clube corre o risco de ficar até 19 dias sem entrar em campo.  Algumas partidas adiadas vão ser alocadas para a reta final da Série A. 

"O Ceará foi o mais prejudicado que todos. Com mais esse jogo colocado para frente, e se adiarem os jogos com Inter e Atlético por causa das convocações, serão quatro jogos adiados no total, com duas semanas para jogar e estrangulando nosso calendário. Entraríamos em uma maratona de jogos que não imaginaríamos entrar”, completou.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas