Presidente do IBGE, Susana Guerra pede demissão do cargo

brasil
26.03.2021, 17:44:57
(Fernando Frazão/Agência Brasil)

Presidente do IBGE, Susana Guerra pede demissão do cargo

Em nota, o Instituto afirmou que Susana seguirá no "cargo até a transição para o novo presidente a ser indicado"

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A economista Susana Guerra pediu demissão da presidência do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O órgão informou o pedido nesta sexta-feira (26). A justificativa de presidente seriam motivos pessoais e familiares.

Em nota, o Instituto afirmou que Susana seguirá no "cargo até a transição para o novo presidente a ser indicado". Ela estava no comando do IBGE desde fevereiro de 2019, tendo sido uma escolha do ministro da Economia, Paulo Guedes.

A saída da presidente do Instituto acontece um dia após a aprovação do Orçamento de 2021, que cravou um grande revés ao órgão, já que o mesmo ficou quase sem recursos para a realização do Censo 2021.

Na terça-feira (23), a direção do IBGE alertou que "as ações governamentais pós-pandemia serão fragilizadas" sem a realização do Censo 2021. O orçamento pedido pelo Insituto para realizar o Censo era de R$ 3,4 bilhões, no entanto, o governo deverá destinar inicialmente apenas R$ 71 milhões.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas