Príncipe Harry e Meghan se separam oficialmente da família real britânica

mundo
19.02.2021, 13:07:00
Atualizado: 19.02.2021, 13:09:39
(Arquivo AFP)

Príncipe Harry e Meghan se separam oficialmente da família real britânica

O rompimento foi concluído mais de um ano depois do casal anunciar decisão

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Palácio de Buckingham anunciou nesta sexta-feira (19) a separação oficial entre a família real britânica e o príncipe Harry e a esposa, Meghan Markle. Agora, os dois deixam de ser membros ativos da monarquia.

O rompimento foi concluído mais de um ano depois do casal anunciar que estava se afastando a família real em busca da independência. Eles se mudaram para a América do Norte com o filho, Archie, deixando as funções reais no dia 31 de março do ano passado. 

"O duque e a duquesa de Sussex confirmaram à Sua Majestade, a Rainha, que não retornarão como membros ativos da família real", diz o comunicado de Buckingham. "Enquanto todos estão tristes por sua decisão, o duque e a duquesa continuam sendo membros muito queridos da família".

Agora, as nomeações militares honorárias e patronatos reais dos dois serão distribuídos para outros membros da família real. Na época em que anunciaram a decisão de se afastar, Harry e Meghan afirmaram que pretendiam honrar os deveres com a rainha e os patronatos, mas perderam esses títulos. A decisão foi vista como uma linha mais firme adotada pela rainha Elizabeth II.

"A Rainha escreveu confirmando que ao se afastar do trabalho da família real não é possível continuar com as responsabilidades e deveres inerentes a uma vida de serviço público", diz o palácio.

Entre outros, Harry deixará de ser capitão-general dos Royal Marines e perderá a função de patrono da federação nacional de rúgbi. Meghan deixará suas associações com o Royal National Thereatro e com a Associação de Universidades da Commonwealth. 

Através do porta-voz, o casal disse que o comprometimento em servir vai continuar, mesmo sem os patronatos. "Todos nós podemos viver uma vida de serviço. O serviço é universal".

O casal deve falar do rompimento real em entrevista à apresentadora americana Oprah Winfrey, que vai ao ar em 7 de março.

Casamento
Harry e Meghan se casaram em maio de 2018, no castelo de Windsor, em Londres. Em 2019, o primeiro filho do casal nasceu - Archie Harrison Mountbatten-Windsor não tem títulos de nobreza.

Eles moraram no Canadá após deixar o Reino Unido, mas no ano passado se mudaram para Santa Bárbara, na Califórnia, estado natal de Meghan. 

Meghan publicou em novembro do ano passado um artigo em que contou que sofreu um aborto espontâneo quando estava grávida de quatro meses. Mas na última semana eles anunciaram que esperam o segundo filho.

"Podemos confirmar que Archie será um irmão mais velho. O duque e a duquesa de Sussex estão muito felizes com a espera de seu segundo filho", disse um porta-voz.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas