Príncipe Harry expressa grande tristeza por se afastar da família real

mundo
19.01.2020, 22:43:54
Atualizado: 19.01.2020, 23:16:32
(Reprodução/Instagram @sussexroyal)

Príncipe Harry expressa grande tristeza por se afastar da família real

Ele e a esposa, Meghan, renunciaram aos títulos de nobreza como parte do acordo de separação da família real britânica

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O príncipe Harry expressou neste domingo (19) sua "grande tristeza" pela forma como ele e sua esposa, Meghan, renunciaram a seus títulos de nobreza como parte do acordo de separação da família real britânica, em vídeo postado no Instagram.

"Me traz grande tristeza que tenha chegado a isto", afirmou. "Nossa esperança era continuar servindo à Rainha, à comunidade e a minhas associações militares, mas sem financiamento público. Infelizmente, isso não é possível", acrescentou.

O acordo para selar o afastamento da família real destituiu Harry e Meghan de recursos públicos e lhes exige que reembolsem 2,4 milhões de libras (US$ 3,1 milhões), utilizados nas restauração do complexo onde moram, perto do castelo de Windsor.

Harry também se viu obrigado a renunciar a suas patentes militares e condecorações obtidas com duas missões ao Afeganistão com o Exército britânico.

No vídeo divulgado na noite de domingo, Harry explica a seus seguidores o processo de separação da família real e afirma que nutre um "enorme respeito" pela rainha Elizabeth II.

"Tem sido um privilégio estar ao seu serviço e continuaremos a fazê-lo", afirmou. "Sempre tive um enorme respeito pela minha vó, por minha comandante-em-chefe, e estou incrivelmente agradecido a ela e ao restante da família pelo apoio que têm nos dado a Meghan e a mim nos últimos meses", disse.

Harry também sugeriu incertezas sobre o início de uma nova vida longe das obrigações reais. O príncipe e Meghan passarão inicialmente um tempo no Canadá, antes de decidir se vão se instalar nos Estados Unidos ou em outro país. "Agradeço por me darem a coragem para dar este novo passo", dijo.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas