Procuradoria da Alba se diz favorável a processo contra Capitão Alden

bahia
13.05.2021, 21:05:00
Atualizado: 13.05.2021, 21:05:52
(Foto: Divulgação)

Procuradoria da Alba se diz favorável a processo contra Capitão Alden

Processo pode cassar o mandato de deputado do PSL

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Procuradoria-Geral da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) encaminhou nesta quinta (13) um parecer favorável pela abertura de um processo ético-disciplinar contra o deputado Capitão Alden (PSL). O motivo do parecer é um vídeo divulgado nas redes sociais em que o deputado acusa parlamentares da oposição de receberam R$1,6 milhão da prefeitura de Salvador.

O parecer foi encaminhado à Mesa Diretora da Alba e publicado no Diário do Legislativo. Alden pode até sofrer uma cassação do mandato caso o processo avance.

Procurador da Assembleia, Graciliano Bonfim escreve no parecer que as declarações de Alden são graves e precisam ser examinados. Além disso, Bonfim alega que as acusações proferidas por Alden podem afetar a imagem da Alba,  "transferindo condutas contrárias à moral e a ética de um parlamentar à própria instituição que o integra".

O parecer favorável foi em resposta a uma representação enviada pelos 11 representantes da bancada de oposição na Alba. Os deputados alegaram que o Capitão Alden foi leviano e irresponsável nas acusações, além de cometer possíveis "condutas criminosas aos seus pares, companheiros de bancada".

Agora, caberá aos Conselho de Ética e Decoro Parlamentar checar se as condutadas são enquadráveis como falta de decoro parlamentar. Além da cassação, o deputado pode sofrer penalidades mais leves como advertência, censura verbal ou escrita ou suspensão temporária do mandato por 30 dias. 

Assinaram a petição os deputados Sandro Régis, Luciano Simões Filho, Alan Sanches, Pedro Tavares e Tom Araújo (DEM); Carlos Geilson, David Rios, Tiago Correia e Paulo Câmara (PSDB); José de Arimateia (PRTB)e Kátia Oliveira (MDB).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas