Projeto doa máscaras e ovos de chocolate para crianças com câncer

coronavírus
12.04.2020, 17:15:00
Atualizado: 12.04.2020, 17:48:25
Crianças do GACC receberam máscaras e ovos de chocolate neste domingo (12) (Foto: Divulgação)

Projeto doa máscaras e ovos de chocolate para crianças com câncer

Máscara do Bem distribuiu equipamentos de proteção aos pacientes do Nacci e GACC

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Em tempos de pandemia e isolamento, a solidariedade deixou a Páscoa de crianças que lutam contra o câncer mais doce e protegida. Na manhã deste domingo (12), integrantes do projeto Máscara do Bem fizeram a doação de máscaras de algodão e ovos de chocolates para meninos e meninas atendidos pelo Grupo de Apoio à Criança com Câncer (Gacc) e pelo Núcleo de Apoio ao Combate do Câncer Infantil (Nacci).

As doações foram resultado de uma campanha lançada em parceria entre as empresas Loygus e Ecoloy e a marca de roupa fitness Alpha Co. Juntas, elas desenvolveram máscaras de algodão que são usadas para evitar a proliferação e prevenir contra o novo coronavírus. A cada máscara vendida, outra é doada para instituições sociais.

Ao receber os presentes, as crianças não esconderam a felicidade e o sorriso no rosto. Não é para menos. A pandemia da covid-19 mudou a rotina da maioria delas. Com as visitas suspensas, gestos como esse ajudaram a deixar a vida para elas um pouco mais leve.

“As crianças não tinham recebido nada de ovo de Páscoa, nem chocolate. Foi um dia de muita alegria quando eles receberam. Devido a tudo isso que estamos passando, esse ano não foi como nos anteriores, com a casa cheia de gente, muitas pessoas visitando, trazendo chocolate... as crianças não entendem muito bem, perguntam bastante e hoje (domingo) eles ficaram muito felizes”, explica Celi Azevedo, fundadora do Nacci.

Atualmente, o Núcleo de Apoio ao Combate do Câncer Infantil conta com cerca de 300 crianças cadastradas. Na casa, os pacientes recebem cuidados médicos e alimentação, mas, por conta do isolamento social, a instituição viu cair nos últimos dias o fluxo de pessoas e doações.

“Muita gente promete que vai doar máscaras, mas nós estávamos precisando. Essas máscaras vão ser passadas para as crianças, para as mães. É necessário que elas usem as máscaras na casa, no hospital quando as crianças vão fazer a quimioterapia. É de extrema importância”, continua Celi.

No Gacc, a doação das máscaras veio na hora certa. De acordo com Roberto Sá Menezes, diretor da instituição, o surto da covid-19 elevou os preços de equipamentos de proteção e o Grupo vinha passando por dificuldades para abastecer o estoque.

“Estamos sendo afetados por uma crise de falta de material que é necessário para a proteção. Por incrível que pareça, virou a lei da oferta e da procura. Não há consideração de quem tem material para oferecer, a maioria está aproveitando o momento de escassez para cobrar valores absurdos. Até instituições que têm muitos recursos para comprar estão sentindo a dificuldade de abastecimento”, analisou ele.

Ao todo, o GACC recebeu 250 máscaras. Segundo o diretor, o material vai ser dividido entre os profissionais da instituição e as mais de 200 crianças atendidas todo o mês.  

Máscara do Bem
Idealizador do projeto, o diretor da Loygus e Ecoloy, Loyola Neto, explica que a ideia de distribuir máscaras nasceu com o propósito de combater preços abusivos que são cobrados pelos materiais de proteção e ajudar na luta contra o coronavírus, principalmente entre as comunidades carentes.

Na confecção das máscaras, o material usado é o algodão, com uma barreira de proteção interna feita de polipropileno especial, o que a torna atóxica e hipoalérgica. Dessa forma, o equipamento pode ser reutilizado, sendo lavável e esterilizável. Os produtos podem ser adquiridos no próprio site do projeto, ao custo de R$ 12 por máscara. 

Além do Nacci e do Gacc, o projeto Máscara do Bem já beneficiou outras instituições de Salvador, como o Lar Projeto de Deus (Caminho de Areia),  Lar Elizabeth (Mares), Lar Maria Luiza (Mares) e Abrigo São Francisco de Assis (Bonfim).

Ajude
Quem quiser, pode ajudar diretamente o Grupo de Apoio à Criança com Câncer (Gacc) e Núcleo de Apoio ao Combate do Câncer Infantil (Nacci), das seguintes formas:

Nacci
Site: https://www.nacci.org.br/
Telefone: (71) 2109-0011

Gacc
Site: http://www.gaccbahia.org.br/
Telefone: (71) 3399-2020

O CORREIO compartilha boas ideias e atitudes de pessoas e empresas dispostas a fazer a diferença para, juntos, superar a tormenta da pandemia de coronavírus. Tem uma boa história? Compartilhe com a gente.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas