Projeto que promove acessibilidade chega às praias de Ondina e Ribeira

salvador
29.12.2014, 20:55:00
Atualizado: 05.02.2015, 21:23:50

Projeto que promove acessibilidade chega às praias de Ondina e Ribeira

Projeto acontecerá nas manhãs de sábados e domingos de janeiro; confira programação

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O "Para-Praia", projeto que promove a acessibilidade de pessoas com deficiência física ou com mobilidade reduzida na praia, chega à Ribeira em seu segundo ano. Assim como no ano passado, a praia de Ondina também continuará a receber o projeto.

Sempre aos sábados e domingos, das 8h às 13h, o "Para-Praia" acontece de 13 a 18 janeiro na praia de Ondina (em frente ao IBR – Instituto Brasileiro de Reabilitação), e de 24 de janeiro a 8 de fevereiro na praia da Ribeira (em frente a Cabana do Bogari, na Cidade Baixa).

Foto: Eduardo Freire/ Divulgação

Cadeiras anfíbias flutuantes, piscina, espaços para atividades recreativas, banheiros especiais, sombreiros, tendas e pistas de acesso à praia integram o projeto, que foi idealizado pela Prefeitura de Salvador, através da Secretaria Cidade Sustentável.

Os participantes são acompanhados por alunos e professores do curso de fisioterapia da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. Além de fisioterapeutas, o Para-Praia contará também com apoio de salva-vidas e educadores físicos.

Para-Praia 2015

Sábados e domingo de janeiro e fevereiro; das 8h às 13h

De 3 a 18 de janeiro, na Praia de Ondina

De 24 de janeiro a 8 de fevereiro, na Praia da Ribeira, na Cidade Baixa

Acesso gratuito

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas