Pronto pra facul? Veja onde estão as 5.721 vagas do Sisu na Bahia

bahia
11.06.2018, 19:20:00
(Foto: Reprodução/Arquivo CORREIO)

Pronto pra facul? Veja onde estão as 5.721 vagas do Sisu na Bahia

Inscrições começam nessa terça (12); cursos ABI tem maior número de vagas: 350

Quem fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e busca a sonhada vaga numa instituição pública de ensino superior, a hora de escolher para onde ir é agora. As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) começam nessa terça-feira (12) e vão até a próxima sexta (15). São 5.721 vagas na Bahia, distribuídas em sete instituições de ensino, entre universidades federais, institutos federais de educação, ciência e tecnologia e instituições estaduais.

A Universidade Federal da Bahia (Ufba) se destaca pelo maior número de vagas: são 1.482 em 35 cursos disponíveis. Os cursos de Área Básica de Ingresso (ABI) são os que mais oferecem chances aos candidatos. São 350 divididas entre as diversas áreas do conhecimento. O segundo lugar fica com o curso de Pedagogia, com 311 vagas.

Entre os cursos com as notas de corte mais altas, Direito é o que mais oferta vagas. São 246 em todo o estado. Em seguida vem Administração, com 196; Ciências Contábeis, com 160; Medicina Veterinária, com 121; e Medicina, com 105. Os cursos de bacharelado e licenciatura em Letras e Matemática também possuem número expressivo de vagas - 260 e 258 respectivamente. 

Nota de corte mais baixa
As inscrições do Sisu geralmente são muito esperadas por aqueles que querem mudar de curso, ou ficaram muito perto de conseguir uma vaga. As notas de corte do segundo semestre também são menores que as do primeiro, o que deixa muita gente otimista.

No entanto, para concorrer às vagas é preciso que o candidato tenha feito o Enem em 2017 e obtido nota acima de zero na redação.

A novidade era tudo que a estudante de Comunicação com Habilitação em Produção Cultural Catarina Carvalho, 18 anos, queria ouvir. Ela já entrou no curso com o objetivo de trocar para Jornalismo depois. “A nota de corte esse ano foi um pouco maior que a minha. Então, uma amiga que cursa jornalismo na Facom [Faculdade de Comunicação da Ufba] me indicou colocar Produção Cultural como opção e trocar no segundo semestre”, conta ela, que seguiu a dica. 

Catarina ainda chegou a passar em Jornalismo na Unifacs, mas afirma que a Ufba sempre foi sua preferência. A estudante já tem até plano B para o caso de sua nota não garantir a troca de curso. “Me inscrevi na prova de transferência interna da Ufba, caso não consiga pelo Sisu”, comenta.

E não é só Catarina que o Sisu 2018.2 deve ajudar. O estudante Marcelo Bezerra, 18, até parece mais animado para essa inscrição. Ele, que sempre quis Psicologia, até chegou a se inscrever, mas não acompanhou o processo de segunda chamada. "A nota de corte para o curso que eu queria estava muito alta, o que me desanimou um pouco", assume.

Olho no calendário
Para garantir que tudo corra bem neste momento tão importante é necessário estar atento aos prazos e editais da instituição escolhida. Todo o processo de inscrição é feito exclusivamente pela internet, no site do Sisu.

O sistema possibilita que o candidato escolha, por ordem de preferência, até duas opções de curso entre as vagas ofertadas. Mas não é preciso desespero se você estiver indeciso: é possível alterar essas opções durante todo o período de inscrição, de 12 a 15 de junho. A última modificação confirmada será considerada válida.

Outra data que é bom ficar ligado é a de divulgação das notas de corte. Normalmente, elas saem no segundo dia de inscrição. Apesar das inscrições se encerrarem na sexta (15), o resultado da chamada regular só sai na próxima segunda (18).

Quem não obteve um resultado satisfatório não precisa se entregar ao desânimo. De 22 a 27 de junho, a plataforma possibilitará que o candidato habilite a opção que permite participar da lista de espera.

Mas se você conseguiu atingir seu objetivo, não se deixe atrapalhar com os prazos, agora que você chegou tão longe. O período da matrícula regular começa no dia 22 e se encerra 28 de junho, mas é preciso estar atento aos dias, horários e locais de atendimento definidos por cada instituição em seu edital.

Passado o período de matrícula regular, as instituições deverão convocar os candidatos da lista de espera entre os dias 3 de julho e 21 de agosto. Por isso, é muito importante estar atento aos sites das duas instituições escolhidas para não perder a tão sonhada chance de fazer o curso dos seus sonhos.

Confira a lista das vagas disponíveis por curso no estado:

  1. ABI - 350

  2. Pedagogia - 311

  3. Letras - 260

  4. Matemática - 258

  5. Direito - 246

  6. Administração - 196

  7. Ciências Contábeis - 160

  8. Computação - 143

  9. Medicina Veterinária - 121

  10. Comunicação - 114

  11. Medicina - 105

  12. Psicologia - 93

  13. Serviço Social - 86

  14. Artes - 85

  15. Engenharia Civil - 72

  16. Nutrição - 71

  17. Odontologia - 58

  18. Biologia - 140

  19. Geografia - 130

  20. História - 156

  21. Zootecnia - 161

  22. Engenharia Agronômica - 59

  23. Engenharia Química - 66

  24. Engenharia Mecânica - 66

  25. Engenharia Elétrica - 156

  26. Engenharia Produção - 31

  27. Engenharia Sanitária e Ambiental - 106

  28. Engenharia de Materiais - 20

  29. Engenharia de Energias - 20

  30. Engenharia de Tecnologia Assistiva e Acessibilidade - 20

  31. Cinema e Audiovisual - 60

  32. Análise desenvolvimento de sistemas - 70

  33. Sistemas de Informação - 102

  34. Química - 106

  35. Física - 90

  36. Fisioterapia - 65

  37. Educação Física - 61

  38. Agroindústria - 30

  39. Agronomia - 70

  40. Design - 11

  41. Ciências Sociais - 82

  42. Filosofia - 31

  43. Enfermagem - 84

  44. Turismo e Hotelaria - 63

  45. Arqueologia - 16

  46. Museologia - 50

  47. Jornalismo e Multimeios - 21

  48. Biotecnologia - 24

  49. Fonoaudiologia - 40

  50. Secretariado Executivo - 32

  51. Gastronomia - 36

  52. Gestão Pública - 50

  53. Música - 25

  54. Interdisciplinar em Energia e Sustentabilidade - 40

  55. Interdisciplinar em Artes - 35

  56. Interdisciplinar Ciências Ambientais - 50

  57. Interdisciplinar em Cultura, Linguagens e Tecnologias Aplicadas - 80

*Com supervisão do chefe de reportagem Jorge Gauthier e do editor João Gabriel Galdea.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas