Puérperas serão testadas para covid-19 e terão resultado em menos de 24h

coronavírus
25.05.2020, 19:02:00
Atualizado: 25.05.2020, 19:02:38

Puérperas serão testadas para covid-19 e terão resultado em menos de 24h

Coletas de sangue serão feitas em pacientes da Maternidade Climério de Oliveira

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Mulheres que deram à luz recentemente e que estão internadas na Maternidade Climério de Oliveira, da Universidade Federal da Bahia (Ufba), serão testadas para covid-19. A partir desta segunda-feira (25), todas as pacientes puérperas assintomáticas do hospital universitário passarão por coleta de sangue, para que sejam feitos exames de PCR para detectar a presença - ou não - do novo coronavírus.

As coletas serão realizadas todas as manhãs, pelos residentes de pediatria. Ainda no mesmo dia, serão entregues às parturientes os resultados. O plano é garantir que seja feito o atendimento adequado às pacientes e, ainda, que haja segurança para a equipe assistencial durante o mês de pico da pandemia de covid-19 em Salvador.

Os testes no hospital universitário, que é filiado à Rede Ebserh, fazem parte de uma pesquisa que avalia, durante a pandemia, a prevalência de positividade para Sars-CoV-2 em parturientes assintomáticas em maternidade da rede SUS, em Salvador. As coletas serão feitas durante 30 dias seguidos.

A atividade tem a aprovação da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (CONEP) e é conduzida por professores de Obstetrícia e Neonatologia da instituição, em parceria com a Fundação José Silveira e o Laboratório de Virologia do Instituto de Ciências da Saúde da UFBA.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas