Quadro de Paulo Gustavo é colocado ao lado de corpo de Santa Dulce

bahia
10.05.2021, 13:03:00
Atualizado: 10.05.2021, 19:49:53
(Foto: Divulgação / Osid)

Quadro de Paulo Gustavo é colocado ao lado de corpo de Santa Dulce

Missa de sétimo dia do ator foi realizada nesta segunda na Osid

'Eu quero ir para onde está Irmã Dulce', disse Paulo Gustavo em um vídeo gravado antes de sua morte, ocorrida no dia 4 de maio. Este encontro finalmente ocorreu, mas não apenas no plano espiritual.

O comediante era devoto da santa e chegou a dar uma passadinha nas Obras Sociais Irmã Dulce (Osid) durante uma de suas vindas a Salvador. Em um desses momentos, foi feita uma fotografia dele ao lado de uma imagem de Dulce. Essa imagem foi revelada, colocada em uma moldura e estará na Capela das Relíquias, onde fica o corpo da baiana, até o dia 13 de maio.

Antes de se juntar à santa, o quadro esteve no altar da capela onde foi realizada a missa de sétimo dia em homenagem ao ator.

O evento presencial teve capacidade limitada a 30% dos fiéis por conta das restrições impostas pela pandemia. No entanto, a celebração foi transmitida on-line. 

Somente através do YouTube oficial da Osid, a live chegou a ter uma audiência simultânea de mil pessoas, que escutaram a palavra e orações do reitor do santuário, frei Giovanni Messias.

“Não estamos tristes, pois a tristeza não combina com Paulo Gustavo. Estamos com fé, saudade e amor. Estamos celebrando a vida desse homem que alegrou milhões de irmãos. Estamos com saudade, pois esse é um sentimento de quem ama. Mas sem esquecer que a maior alegria de um cristão, como ele, é voltar para a casa do Pai”, disse o frei. 

“Quando a partida de alguém deixa tanta gente com saudade, é preciso dizer graças a Deus pela existência dessa pessoa que se foi. Então, o encontro de duas palavras acontece, revelando dois sentimentos humanos: saudade e gratidão. Ao encontrar uma pessoa assim, encontramos o amor em sua essência. O artista tão exuberante, reconhecido e venerado, dá lugar ao anônimo benfeitor, ao ser humano cheio de amor, que abre o coração para fazer o bem sem olhar a quem. Agradecemos a você, Paulo Gustavo, pelo amor, generosidade e pela missão de espalhar o amor que você semeou enquanto esteve aqui. Saudade, gratidão e uma grande certeza: de um novo encontro com Deus. Desta vez, com dimensão de eternidade”, completou o frei Giovanni Messias, já no fim da missa.

Assista:

A realização da missa de sétimo dia foi uma ideia da Osid, assim como colocar um retrato do ator. A família de Paulo Gustavo foi avisada, mas não pôde comparecer presencialmente. No entanto, o link da missa foi enviado à mãe do ator, Déa Lúcia, para que eles pudessem acompanhar à distância.

“A mãe dele ficou muito feliz quando soube da missa, mas não contamos a outra parte da homenagem para ela. É a primeira vez que estamos fazendo isso. A foto escolhida é muito simbólica, pois parece que Paulo e Dulce estão conversando, como se fosse uma pintura”, conta Maria Rita Pontes, superintendente das Obras Sociais Irmã Dulce.

Quadro ficou no altar durante missa de sétimo dia (Foto: Divulgação)

Benfeitor da Osid
A relação entre Paulo e Santa Dulce dos Pobres começou há alguns anos, por volta de 2017. Após conhecer a vida e obra da freira, o ator realizou três doações que totalizaram R$ 1,5 milhão.

Primeiro foram R$ 600 mil que financiaram a construção da unidade do centro Dona Dulce, isso ainda em 2018. Os R$ 900 mil restantes foram destinados à compra de 33 monitores cardíacos, em 2018, e equipamentos de proteção, ainda no começo da pandemia.

“Ele era uma pessoa muito humana, muito amorosa com todos. Foi algo que os profissionais da casa perceberam. Ele tratou todos com muito carinho e respeito. Paulo Gustavo era muito comprometido. Alguém que demonstrou muita empatia, principalmente durante a pandemia. Um ser humano muito especial. Mas, se eu fosse defini-lo em uma palavra, seria generosidade. Ele era muito generoso”, afirma Maria Rita, que também era amiga do ator.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas