Quarto dia tem mais três autuados por descumprir toque de recolher na Bahia

coronavírus
23.02.2021, 11:28:00
Atualizado: 23.02.2021, 11:32:48

Quarto dia tem mais três autuados por descumprir toque de recolher na Bahia

Casos foram em Dias D'Ávila, Ilhéus e Santo Amaro

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Três pessoas foram autuadas por descumprir o decreto do toque de recolher na Bahia neste quarto dia de validade. Os flagrantes foram em Dias D'Ávila, Ilhéus e Santo Amaro, das 20h de segunda até 5h desta terça (23). Em Salvador, não houve registros de descumprimento do toque.

Todos os infratores foram indiciados nos artigos 268 (infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa) e 330 (desobedecer a ordem legal de funcionário público).

Desde o início do toque de recolher, na última sexta-feira (19), 58 pessoas foram autuadas por descumprimento do decreto estadual.

Toque ampliado
O governador Rui Costa anunciou no domingo (21) que o toque de recolher na Bahia seria antecipado para às 20h, ao invés de 22h, como estava sendo praticado desde a sexta-feira. O novo horário começou a valer na segunda-feira (22). A decisão está atrelada à ocupação dos leitos de UTI do estado, que chegou aos 80%. 

"Infelizmente, alcançamos a marca de 80% de ocupação dos leitos de UTI na #Bahia e a consequência será a ampliação do horário do toque de recolher. A partir desta segunda, dia 22, a restrição será das 20h às 5h. A região Oeste será a única exceção na atualização do decreto", escreveu Rui. Com isso, regiões de Irecê e Jacobina, que estavam excluídas no decreto anterior, também entram no toque de recolher.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas