Quarto infantil: confira dicas de decoração

especiais patrocinados
01.10.2018, 11:52:00
(Fotos: divulgação)
Estúdio Correio -

Quarto infantil: confira dicas de decoração

Para criar o ambiente com a cara do mini-morador, vale ousar nas cores e caprichar na utilização de tapetes, almofadas e jogos de cama

Um ambiente lúdico, seguro e confortável. Esse é o grande segredo na hora de decorar um quarto infantil. É que o ambiente em que a criança vai dormir, brincar – e muitas vezes estudar - tem importante papel de estimular a imaginação delas. Mas como escolher cores, objetos de decoração e móveis?

Não há uma regra. “Os pais têm que estar atentos a alguns detalhes como protetores de tomadas e quinas para evitar acidentes e grades para camas”, indica a designer de interiores Ivana Rangel. Para manter um quarto singular, com a cara do mini-morador, vale ousar nas cores e caprichar na utilização de tapetes, almofadas e jogos de cama. Papéis de parede pintáveis também são muito interessantes, pois tornam o ambiente um convite à criatividade das crianças.

Cabana garante a brincadeira dos pequenos

Outra dica importante é deixar sempre os brinquedos acessíveis. Dá muito mais autonomia aos pequenos. “Deixá-los em um lugar especifico, como os baús, permite que os brinquedos estejam de fácil acesso e garante mais organização ao quarto. Bonecos e animais de crochê também são boas opções para brincar e decorar, além de servirem como companheiros para a criança”, indica Ivana.

Lençois têm estampas diferentes, mas seguem a mesma cartela de cores

Ao longo dos anos, o quarto infantil tem ganhado ares bastante modernos. É uma tendência ambientes atemporais, que possam acompanhar o crescimento da criança. Quanto à cor, não é mais regra usar azul para meninos ou rosa para meninas. Atualmente existe uma grande variedade de tons na decoração infantil. Na loja Oito Baby, em Jardim Armação, por exemplo, as cores mais vendidas para móveis são o Cinza Fendi e Verde Pistache. Ivana Rangel lembra que “existe uma gama imensa de tons azuis, amarelos, laranja, verde e rosas, fugindo do tradicional tom bebê”.

A participação deles na escolha da decoração é recomendada

A participação deles na escolha da cor e da decoração como um todo é, inclusive, bastante recomendada pela designer de interiores. Deixá-los escolher ajuda a atender os desejos e as necessidades da criançada. “Isso fará com que ela se identifique com o espaço, criando ali uma parte importante de seu mundo”, assegura.

Quarto duplo
Quando o quarto é compartilhado entre irmãos, então, a decoração tem de ser ainda mais neutra. Além de ser bonito, precisa transmitir a personalidade de cada criança, ser agradável e funcional. “É possível reuni-los preservando o espaço de cada um. O ideal é usar cores e temas que agradem a ambos”, indica a designer de interiores

O uso do beliche é uma opção para quartos compartilhados entre irmãos

Seja em quarto individual ou duplo, na hora de projetar a obra ou a reforma, a iluminação para o quarto infantil tem que ser pensado com carinho. Afinal, os pequenos possuem necessidades específicas, como luz amena durante a noite para espantar o medo do escuro. Para dar um aspecto divertido no espaço das crianças, aposte no lustre infantil e no abajur infantil. Que tal investir em cordões luminosos e luminárias lúdicas, com formatos de robôs, estrelas, nuvens e unicórnios?

A OitoBaby produz uma série de ambientes para te inspiar. A loja, que está comemorando aniversário de 25 anos, tem tradição em oferecer conforto e sofisticação aos seus clientes. Confira as dicas.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas