Quem vai levar o Oscar: No Ritmo do Coração ou Ataque dos Cães?

entretenimento
25.03.2022, 06:00:00
No Ritmo do Coração e Ataque dos Cães (fotos: divulgação)

Quem vai levar o Oscar: No Ritmo do Coração ou Ataque dos Cães?

Jane Campion é favorita a melhor direção, mas melhor filme está indefinido

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas levou 47 anos para, finalmente, indicar uma mulher entre os finalistas na categoria de direção. Foi em 1977, quando a italiana Lina Wertmuller (1928-2021) concorreu por Pasqualino Sete Belezas. Mas foi só em 2010 que uma cineasta venceu a categoria: a premiada foi Kathryn Bigelow, por Guerra ao Terror.

No ano passsado, a chinesa Chloé Zhao repetiu a conquista feminina com o Oscar por Nomadland e, neste domingo, uma outra marca pode ser batida: pela primeira vez, a estatueta de direção pode ser entregue por dois anos seguidos a uma mulher. É que poucas vezes na história da premiação, um candidato chegou com tanto favoritismo a esta categoria, como a neozelandesa Jane Campion, de Ataque dos Cães.

Will Smith concorre por seu papel em King Richard

O longa-metragem, uma mistura de drama e faroeste, é também o que ostenta o maior número de indicações: são 12, incluindo aí melhor filme; ator (Benedict Cumberbatch) e roteiro adaptado, além da já citada direção.

O favoritismo de Jane Campion é muito claro, afinal ela venceu premiações recentes importantes, como Globo de Ouro - que é orgnizado pela imprensa estrangeira nos EUA; Bafta - que é uma premiação britânica para filmes em inglês; e o Critic's Choice Awards, realizado por críticos americanos e canadenses. Não bastasse isso, Campion ficou ainda com o troféu no Director's Guild os America, premiação do sindicato de diretores americanos.

Melhor filme
Mas e a premiação mais esperada da noite, que é a de melhor filme, vai para quem? Até poucos dias atrás, tudo também apontava para Ataque dos Cães como favorito. Além de ser o longa com o maior número de indicações ao Oscar, o faroeste havia levado o principal prêmio no Globo de Ouro, Bafta e Critic's Choice. 

Quem corria por fora era Belfast, de Kenneth Branagh, que acumulava sete indicações. Mas eis que nos últimos dias, houve uma pequena reviravolta e aquele que era tido como azarão passou a incomodar Ataque dos Cães na disputa pelo prêmio principal. 

Jane Campion (Valerie Macon/AFP)

Trata-se de No Ritmo do Coração, comédia dramática que chegou discretamente entre os dez indicados, mas, com o prêmio de melhor filme no PGA - Producers Guild of America Awards, concedido no último sábado, despontou como candidato a derrubar Ataque dos Cães. A premiação é do sindicato de produtores de cinema e costuma ser um importante termômetro para a estatueta de melhor filme, que é recebida pelos produtores.

O PGA foi criado há 32 anos e, neste período, por 22 vezes o vencedor deste prêmio ficou também com o Oscar de melhor filme. Há, portanto, uma coincidência de 68,7%. Será que foi este o impulso necessário para que No Ritmo do Coração se tornasse favorito?

Will Smith
Mas, se tem alguém que, como Jane Campion, pode chegar com tranquilidade nesta noite de domingo, é o ator Will Smith. Sua derrota seria uma daquelas zebras históricas. Smith, que concorre por sua atuação em King Richard: Criando Campeãs, levou o Globo de Ouro, Bafta e Critics Choice, como Jane Campion. 

E ainda ficou com o prêmio do SAG, o sindicato de atores e atrizes. Smith já foi indicado em 2001, por Ali, e em 2006, por À Procura da Felicidade. E ele também tem outro motivo para celebrar: é um dos produtores de King Richard, concorrente também a melhor filme. Mas Benedict Cumberbatch, de Ataque dos Cães, pode ameaçar a vitória dele.

Jessica Chanstain, de Os Olhos de Tammy Faye, por outro lado, não chega com tanta folga na premiação de melhor atriz: ela venceu o Critic's Choice e o prêmio do sindicato de atores, mas Nicole Kidman ficou com o Globo de Ouro, por Being the Ricardos. Será que ela fica de novo com a estatueta que já levou em 2003, por As Horas? Ou Chanstain finalmente vence, depois de ter sido indicada outras duas vezes? 

Façam suas apostas e preparem-se: o Globoplay vai transmitir com exclusividade no streaming a cerimônia, a partir das 20h. A transmissão será gratuita, sem necessidade de assinatura. Basta se cadastrar e fazer o login. Desta vez, a equipe de apresentadores e comentaristas terá Maria Beltrão, da GloboNews; Marcelo Adnet; Fábio Porchat, do GNT; e Dira Paes. Na TV paga, a transmissão será dos canais TNT e TNT Séries.

Onde assistir aos candidatos ao Oscar de melhor filme

"Belfast" (cinemas)
"Ataque dos Cães" (Netflix)
"King Richard: Criando Campeãs" (HBO Max, Now, Oi Play, Apple iTunes, YouTube, Microsoft Store, Prime Video)
"Licorice Pizza" (cinemas)
"Duna" (HBO Max, Now, Apple iTunes, YouTube, Microsoft Store, Prime Video e cinemas)
"No Ritmo do Coração" (Prime Video, YouTube, Apple iTunes)
"Não Olhe Para Cima" (Netflix)
"Amor, Sublime Amor" (Disney+)
"Drive My Car" (cinemas)
"O Beco do Pesadelo" (Star+)
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas