Ramon, lateral do Flamengo, atropela e mata ciclista no Rio de Janeiro

brasil
05.12.2021, 10:33:54
Atualizado: 05.12.2021, 10:36:53

Ramon, lateral do Flamengo, atropela e mata ciclista no Rio de Janeiro

Atleta de 20 anos prestou socorro à vítima

Ramon, lateral-esquerdo do Flamengo, se envolveu em um acidente de carro neste sábado na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. O atleta conduzia seu veículo quando atropelou um ciclista. A vítima era Jonatas Davi dos Santos, de 30 anos, que foi socorrido, mas morreu a caminho do hospital Lourenço Jorge. Ele era entregador de aplicativo.

Bombeiros e policiais militares foram chamados para o local. Informações preliminares indicam que o jogador de 20 anos prestou socorro e chamou assistência médica. Ramon depõe na 16ª Delegacia de Polícia, que fica no bairro onde ocorreu o acidente

Investigações sobre o atropelamento ainda indicarão como aconteceu o acidente. Relatos iniciais não esclarecem se o ciclista cruzou a pista com semáforo aberto ou fechado.

Imagens do veículo mostram o parabrisa quebrado no lado do passageiro. Toda a lateral direita do carro também ficou danificadas, incluindo o retrovisor, que foi arrancado com o choque. A polícia pretende contar com imagens de câmeras de segurança do local, além da coleta de depoimentos para as apurações.

Ramon passou a ser mais utilizado na equipe principal do Flamengo nesta reta final de temporada. O atleta foi titular em sete dos últimos 11 jogos da equipe rubro-negra no Campeonato Brasileiro. O lateral também participou de alguns jogos da Copa do Brasil e da Libertadores.

Reeleito presidente do Flamengo neste sábado, Rodolfo Landim comentou o acidente: "Eu estava no meio da contagem dos votos quando alguém me contou. A gente fica triste. Ele é um atleta exemplar. Óbvio que vamos prestar apoio a ele", finalizou.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas