Rapper Mac Miller é encontrado morto aos 26 anos

mundo
07.09.2018, 18:58:24
(Foto: Divulgação)

Rapper Mac Miller é encontrado morto aos 26 anos

Ex de Ariana Grande tinha problemas com abuso de drogas há anos

O rapper Mac Miller morreu nesta sexta-feira, 7, de possível overdose, de acordo com o TMZ. O site informa que o artista de 26 anos foi encontrado morto por volta do meio-dia em sua casa no Vale de São Fernando, em Los Angeles (EUA), após um amigo dele ligar para a emergência.

Há pouco mais de um mês, no dia 3 de agosto, Miller havia lançado seu último álbum, "Swimming", com singles como Self Care e Come Back to Earth. Miller, cujo nome real é Malcolm James McCormick, nasceu em 19 de janeiro de 1992 em Pittsburgh, na Pensilvânia, Estados Unidos. Seu primeiro álbum lançado, "Blue Slide Park", tinha 16 faixas.

O artista tinha problemas com abuso de drogas há anos e há alguns meses foi preso após bater o carro por dirigir alcoolizado e fugir do local. O fato ocorreu logo após seu término com Ariana Grande, no início de maio, após dois anos de relacionamento com a cantora. Dias depois, Ariana fez um desabafo no Twitter sobre as críticas que estava recebendo por ter terminado o namoro, no qual falou sobre a luta de Mac Miller para ficar sóbrio.

"Eu sempre me preocupei com ele e tentei apoiar sua sobriedade e orei para que ele ficasse melhor por anos (e sempre irei, é claro), mas envergonhar/culpar uma mulher pela incapacidade de um homem de lidar com suas questões é um problema muito maior. Eu não compartilhei o quão difícil e assustador foi enquanto estava acontecendo, mas foi. Eu vou continuar a orar, do fundo do meu coração, que ele resolva tudo", falou a cantora na época.

Miller estava em turnê pelos Estados Unidos, com shows marcados em diversas cidades até o dia 13 de novembro.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas