Realização de paredões durante a pandemia é 'atitude criminosa', diz Neto

coronavírus
20.08.2020, 11:33:00

Realização de paredões durante a pandemia é 'atitude criminosa', diz Neto

Prefeito disse que apoia decisão de Rui Costa de intensificar combate e enquadrar festas como risco à saúde pública

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A realização de festas do tipo paredão durante a pandemia deveria ser considerada crime, na opinião do prefeito ACM Neto, que falou do tema nesta quinta-feira (20), durante uma coletiva em evento para tombamento da maquete de Salvador. "Considero que a realização desses paredões num momento como estamos vivendo, de pandemia, é uma atitude criminosa", afirmou.

Ele foi questionado sobre um comentário do governador Rui Costa, que ontem afirmou que as ações serão intensificadas e que o uso dos equipamentos de som em aglomerações poderá ser considerado risco à saúde pública. "Eu assino embaixo. Apoio em gênero, número e grau", disse Neto, afirmando que as pessoas que realizam os paredões são "pessoas absolutamente insensíveis".

"Concordo com o governador, já havia inclusive dito que a PM tem um papel imprescindível nisso. O Coronel Sturaro, que é quem vem comandando as ações, fazendo a interface com a prefeitura, teve conversas essa semana, e a ordem do governador para  a PM é a mesma que eu dou para a equipe da prefeitura, Guarda Municipal, secretarias: vamos para cima. Vamos encarar o problema", disse, afirmando que o combate às aglomerações deve ser encarado pelo poder público.

Neto destacou que é essencial o apoio da polícia, pois a prefeitura não tem como agir só. "Sem a polícia não há caminho. Tanto o trabalho de inteligência, e a SSP tem papel fundamental, para tentar prever onde vão acontecer, e depois a PM, usando toda sua autoridade, para reprimir, óbvio que de preferência sem violência, para reprirmir essas aglomerações crimonosas", disse. "Satisfeito em saber que a PM vai intensificar ainda mais o combate".

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas