Renovada, Ford F-150 reúne força e luxo

autos & etc
04.07.2020, 05:00:00

Renovada, Ford F-150 reúne força e luxo

Picape tem até geradores para equipamentos de trabalho

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Há 43 anos, a F-150 é o veículo de trabalho mais vendido dos Estados Unidos e, nos últimos 38 anos, lidera o ranking geral de vendas no país. Para continuar na frente, a Ford revelou uma nova geração do modelo. O desenho externo foi atualizado, mas manteve a essência da picape, já a estrutura foi reforçada. De acordo com a Ford, a base é composta por chassi fechado de aço de alta resistência e carroceria de liga de alumínio de alta resistência, de nível militar.

Na mecânica, um dos destaques é o novo trem de força híbrido PowerBoost V6 de 3.5 litros, que foi projetado para gerar o maior torque e a maior potência da categoria. Disponível para todas as versões da F-150, da XL à Limited, o conjunto tem uma autonomia estimada de mais de 1.100 km e capacidade máxima de reboque de pelo menos 5.400 kg.

A linha 2021 da F-150 chegará ao mercado americano no último trimestre
A linha 2021 da F-150 chegará ao mercado americano no último trimestre
A picape da Ford tem espaço e ganhou requinte
A picape da Ford tem espaço e ganhou requinte
A tela central multimídia cresceu e tem agora 12 polegadas
A tela central multimídia cresceu e tem agora 12 polegadas
A capacidade de reboque do utilitário é de 5.400 kg
A capacidade de reboque do utilitário é de 5.400 kg
A fabricante incluiu tomadas de força na caçamba da picape
A fabricante incluiu tomadas de força na caçamba da picape (Fotos: Ford)

Desde a versão XL, ela vem de série com assistência de pré-colisão com frenagem de emergência e detecção de pedestres, câmera de ré com assistência dinâmica de engate e acionamento dos faróis e farol alto automático. O quadro de instrumentos e a tela central possuem telas de 12 polegadas cada.

A F-150 2021 tem teto solar panorâmico e tomadas de força na caçamba

A F-150 tem também, como opcional, um gerador de força que pode ser usado para ferramentas, acampamentos e outras necessidades, com potência de 2 kW com motores a gasolina. Há ainda outra configuração com potência de 2,4 kW, ou 7,2 kW como opcional. A energia é acessada por tomadas na cabine e até quatro tomadas de 120 V e 20 A montadas na caçamba. A versão de 7,2 kW inclui uma tomada de 240 V e 30 A. O sistema pode ser usado mesmo com o veículo em movimento para recarregar ferramentas. 

A linha 2021, que deve chegar ao Brasil, ainda não teve os preços revelados, mas a linha 2020 parte de US$ 24.410, sem impostos, o equivalente a R$ 129.800.

ATUALIZAÇÃO ESTÉTICA
A Audi mostrou na Europa Q5 reestilizado, que é praticamente um Q8 em miniatura. O SUV passou a incorporar todos os detalhes estéticos do maior utilitário da Audi, algo que está acontecendo com toda a linha de crossovers da fabricante alemã. Por dentro é praticamente igual, mas a central multimídia ganhou uma tela maior e o controle giratório no console central foi retirado. Para o Brasil, o Q5 vem do México e deve chegar atualizado nos próximos meses.

O Audi Q5 adotou o estilo do SUV mais caro da marca, o Q8 (Foto: Audi)

BALANÇO DE JUNHO
De acordo com a Fenabrave, entidade que representa 7.300 concessionárias de 51 marcas, foram emplacados 194.354 veículos em junho. Ou seja, um acréscimo de 93,5% em relação aos 100.422 licenciamentos de maio. No entanto, esse resultado é 38,58% inferior ao obtido em junho do ano passado. A principal categoria do mercado, que reúne automóveis e comerciais leves, teve aumento de 116,78% em junho, totalizando 122.772 unidades emplacadas. Porém, muitos emplacamentos são de veículos comprados em maio.

DIVISÃO POR MARCA
Em junho, a Volkswagen assumiu a liderança entre as marcas de automóveis e comerciais leves no mercado brasileiro. A fabricante alemã teve 17,82% de participação, o que representa 21.877 unidades, 2.118 carros a mais que a Chevrolet, que teve 16,09%.

No entanto, no acumulado do ano a marca americana ainda lidera com mais de 10 mil carros de diferença. A Fiat (13,56%) ficou em terceiro, a Hyundai (9,31%) em quarto e a Renault (7,99%) em quinto. Da sexta à décima posição ficaram: Ford (6,33%), Toyota (6,24%), Jeep (6%), Honda (5,13%) e Nissan (3,20%).

A Volkswagen liderou os emplacamentos de automóveis e comerciais leves em junho (Foto: VW)

OS MAIS EMPLACADOS
O Chevrolet Onix segue soberano entre os automóveis e comerciais leves mais vendidos no mês passado. Foram 6.234 unidades emplacadas contra 5.792 licenciamentos do Hyundai HB20, o segundo colocado. O Volkswagen T-Cross somou 5.463 emplacamentos e supreeendeu em junho, ficando com a terceira posição. Outros dois utititários esportivos aparecem na sequência: Jeep Renegade (4.092) e Chevrolet Tracker (4.075).

Da sexta à décima posição ficaram: VW Gol (3.908), Fiat Strada (3.830), Renault Kwid (3.547), Ford Ka (3.404) e Hyundai Creta (3.277). Ou seja, entre os 10 mais vendidos ficaram cinco hatches, quatro SUVs e uma picape.

O Chevrolet Onix foi novamente protagonista de licencimentos de carros no país (Foto: GM)

MAIS VENDIDOS NA BAHIA
No mercado estadual, o Chevrolet Onix também liderou em junho. Foram 265 emplacamentos, mas o Hyundai HB20 se aproximou, com 249 unidades licenciadas. O Ford Ka ficou em terceiro com 205 exemplares, seguido pela Fiat Toro (175) e a Fiat Strada (159). Da sexta à décima colocação ficaram: Renault Kwid (157), Toyota Corolla (149), Ford EcoSport (146), Chevrolet Onix Plus (143) e Fiat Argo (127). Foram cinco hatches, duas picapes, dois sedãs e um SUV.

Na Bahia, o Hyundai HB20 se aproximou do Chevrolet Onix em junho (Foto: Hyundai)

MAIS SEGURANÇA
A Chevrolet já está comercializando a linha 2021 da Spin, que ganhou controle eletrônico de estabilidade e tração como item de série em todas as quatro versões. Equipada exclusivamente com motor 1.8 litro, o modelo que tem opção de sete lugares custa entre R$ 77.790 (LS) e R$ 97.890 (Activ).

A Chevrolet lançou a linha 2021 da Spin, que agora tem controle de estabilidade e tração (Foto: GM)

OS BASTIDORES DO AUTOS
Para acompanhar o dia-a-dia da editoria de veículos do CORREIO siga @garagemdoautos no Instagram.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas