Restaurantes minimizam efeitos da crise implantando delivery

comida
11.04.2020, 12:20:00
Atualizado: 11.04.2020, 12:34:18

Restaurantes minimizam efeitos da crise implantando delivery

Você pode garantir o almoço ou o jantar nesse feriadão da Semana Santa sem o menor esforço; veja nossas sugestões

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

“O Preta saiu do mar e aportou em terra”. A frase da empresária e chef de cozinha Angeluci Figueiredo, dona do restaurante Preta, na Ilha dos Frades, ilustra bem o momento de reinvenção pelo qual os proprietários de restaurantes têm sido obrigados a enfrentar. Com as casas fechadas, eles buscam alternativas para manter os custos dos seus negócios, especialmente as folhas de pagamentos dos funcionários. E em tempo de isolamento social, quando pela primeira vez neste século, as famílias passarão a Páscoa separadas, o serviço de delivery nunca foi tão necessário. 

Foi pensando nisso que o Preta decidiu instalar na cozinha da casa de Angeluci, em Salvador, um braseiro para entregar na casa do cliente um dos seus pratos mais pedidos: o peixe vermelho com legumes na brasa.  O prato, único do cardápio, é preparado com todo rigor de higiene que o momento exige. Preocupação, por sinal, ressaltada por todas as fontes ouvidas pela reportagem. “O fornecedor me traz o peixe fresquinho aqui em casa, higienizamos tudo, mantemos apenas duas pessoas na cozinha, com luvas e máscaras, e estamos cada vez mais rigorosos com o manuseio de todos os ingredientes, do peixe aos temperos e, sobretudo, com a logística de transporte”, diz Angeluci.
 

(Divulgação)
Angeluci Figueiredo prepara o peixe com todos os cuidados de higiene

O serviço de delivery, hoje dominado por grandes empresas de aplicativos de smartphones, não é uma novidade. Mas para a maioria dos donos de restaurantes, especialmente os mais estrelados, tem sido não só uma necessidade como um aprendizado. “Não temos a expertise com delivery porque não era o nosso foco, mas na atual situação, tivemos que aprender na raça a introduzir o serviço no restaurante e no buffet”, conta o premiado chef de cozinha e dono do Amado, Edinho Engel. 

Rigoroso que é, com tudo que faz, o chef elaborou um cardápio especial para sua exigente clientela. O serviço traz clássicos do menu do Amado e opções de pratos que caem bem no Domingo de Páscoa, como a Mariscada (R$ 144), que serve até três pessoas. Para quem evita o dendê, há outras opções como o Bacalhau em Natas com Alho Poró e Mousseline de Batata Doce (R$ 170 - porção de 1kg que serve de três a quatro pessoas). Os pratos executivos também integram o pacote do Amado, que inclui ainda uma carta de vinhos.

Quem também enfrentou o desafio de adaptar o serviço para o sistema de delivery foram os chefs Kate e Dante Bassi, do Manga, que antes da pandemia trabalhava apenas com menu degustação. O casal tem criado pratos especiais que chegam até a casa do cliente, acondicionados em vasilhas plásticas, previamente higienizadas. 

(Divulgação)
Polvo à la Gallega é um dos pratos servidos pela La Taperia

O chef espanhol José Mórchon também aderiu ao serviço. E foi além. É ele mesmo quem vai até o carro do cliente – todo paramentado com os itens individuais de prevenção – entregar o pedido, no estilo take away, caso o cliente dispense o delivery via motoboy.  O cardápio especial do La Taperia, que inclui uma deliciosa paella, foi adaptado já que o chef não abre mão dos mariscos frescos que são entregues na casa. 

Com tanta gente boa trabalhando para levar suas criações à casa do freguês, o CORREIO preparou uma lista de 10 restaurantes do primeiro time para ajudar você a tornar o seu Domingo de Páscoa mais saboroso. Confira:

(Divulgação)
Peixe com legumes na brasa é a aposta do Preta

Preta 
O restaurante trabalha com prato único: Peixe Grelhado com Legumes na Brasa – R$ 198. Pedidos: 71 99936 8563 . Taxa de entrega R$ 10.

(Divulgação)
Arroz de Bacalhau do Amado é boa opção para a Páscoa

Amado
No cardápio tem frutos do mar, carnes, frangos, massas e outras delícias, além de vinhos. Pedidos: pelo 71 3039 5561 ou 99231 4660. Taxa de entrega a partir de R$10 (a depender do bairro) 

(Divulgação)
Paella do La Taperia pronta para ser levada à casa do cliente

La Taperia
A dica é o Polvo à La  Gallega que vem com batatas (R$ 49,00). Pedidos pelo telefone 71 3334 6871 ou 98716 1077 / 99116 5140. Pode pegar lá, no sistema drive thru, feito pelo chef, ou pedir delivery. Taxa de entrega a combinar. 

(Divulgação)
Lasanha de Bacalhau do La Pasta Gialla

La Pasta Gialla
O cardápio leva a assinatura do chef paulista Sérgio Arno e tem várias opções de massas e carnes. Nossa sugestão é a Lasagna de Bacalhau com brócolis, azeitona e cebola roxa. Custa R$ 68 a porção individual e R$ 190 a tamanho família. Encomendas pelo 71 3011-6599 e 98145-0075. Não cobra taxa de entrega.

(Divulgação)
Tereza Paim do Casa de Tereza aposta nas moquecas 

Casa de Tereza
O restaurante comandado pela chef Tereza Paim investiu num cardápio especial para atender a domicílio. De pratos quentinhos, preparados na hora, a opções de congelados. A sugestão para a Páscoa é a Moqueca Trilogia que reúne peixe, polvo e camarão e é acompanhada de arroz e pirão (R$ 75). Pedidos: 71 3329-3016 e 99170-6475. 

(Divulgação)
Manga tem no cardápio delivery vários pratos saborosos incluindo o pato laqueado

Manga
A casa, que normalmente funciona menu degustação, criou menu especial para entrega em casa. No cardápio, pratos principais, sanduíches, mousses e até picolés. Nossa dica para a Páscoa é o Pato Laqueado e assado no osso, com purê de couve-flor e couve-flor assada (R$ 180 para duas pessoas).Taxa de entrega a partir de R$ 10. Pedidos pelo telefone 71 99296 3232.

(Divulgação)
Nada mais apropriado para a Páscoa que o Pernil de Cordeiro do Pasta em Casa

Pasta em Casa
O chef Celso Vieira preparou um menu especial com massas, carnes e sobremesas, para atender o delivery. Mas a nossa dica para a Páscoa é o Pernil de Cabrito acompanhado de Couscous marroquino, brócolis e batatas coradas que serve até quatro pessoas (R$ 240). Quem não dispensa as massas pode escolher a lasanha nas opções bacalhau (R$ 116/kg), vegetariana (R$ 72) e bolonhesa (R$ 79) ou as massas recheadas da mercearia. Pedidos pelos telefones 71 99904-2244 e 3334-7232. Taxa de entrega a depender do local. 

(Divulgação)
Lasanha à bolonhesa é um clássico do Bella Nápoli que está no delivery 

Bella Nápoli
O restaurante sempre trabalhou com delivery, mas neste momento, com as portas fechadas, tem operado apenas no formato de entrega à domicílio. Dentre as opções do cardápio, massas, peixes, frango e carnes, mas o carro chefe é o Filé à Parmegiana. E é essa gostosura é a nossa dica para a Páscoa. O prato está disponível em três versões: individual (R$ 54,80) Meia porção – serve duas pessoas (R$ 116) Porção inteira – serve três ou mais pessoas (R$ 170). Pedidos pelo número 71 3354 1962.

(Divulgação)
Dentre as opções do Ori e Origem está o Bobó de Camarão

Ori e Origem
O chef Fabrício Lemos uniu os dois restaurantes para facilitar a operação de entrega a domicílio. No cardápio, comidinhas como o mix de folhas com burrata (R$35,00) e pratos principais como nossa sugestão para a Páscoa que é o Bobó de Camarão (R$ 55,00). Tem ainda um menu de sobremesas criado pela confeiteira Lisiane Arouca. Encomendas pelo telefone 71. 98890 – 8357. Consultar taxa de entrega.

(Divulgação)
O Bacalhau à Portuguesa é uma das opções do Vini Figueira Gastronomia

Vini Figueira
A casa, que leva o nome do chef, preparou um menu especial para a Semana Santa. Nossa sugestão para a Páscoa é o Bacalhau à Portuguesa que vai em duas versões: individual (R$ 69) e para duas pessoas (R$ 136). Os pedidos podem ser feitos pelos telefones 71 3013 8181 e 99380 0045. 
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas