Rodallega se torna o primeiro estrangeiro a conquistar a artilharia do Nordestão

e.c. bahia
04.04.2022, 14:46:00
Rodallega anotou 8 gols na Copa do Nordeste e fechou o torneio como artilheiro (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Rodallega se torna o primeiro estrangeiro a conquistar a artilharia do Nordestão

Atacante do Bahia fechou a competição com 8 gols e ficou com título de goleador

A Copa do Nordeste chegou ao fim com o título do Fortaleza sobre o Sport, neste domingo (3), no Castelão. Apesar do vexame protagonizado pelo Bahia, que foi eliminado ainda na primeira fase, pelo menos um jogador do elenco tricolor tem motivos para comemorar. 

O atacante Hugo Rodallega não foi alcançado pelos adversários e fechou a competição como artilheiro isolado. Ao todo, Rodallega balançou as redes oito vezes pelo Esquadrão. O colombiano soma o dobro de gols dos segundos colocados. 

O posto de vice-artilheiro foi dividido entre Anselmo Ramon (CRB), Robinho (Náutico), Gabriel Poveda (Sampaio Corrêa), Yago Pikachu (Fortaleza) e Gustavo Coutinho (Botafogo-PB). Todos eles anotaram quatro tentos.

Além de faturar a artilharia, Rodallega entra para a história como o primeiro estrangeiro a conquistar o prêmio de goleador da Copa do Nordeste. 

Por sinal, o Bahia repetiu o ano passado ao ter um jogador como artilheiro do Nordestão. Em 2021, Gilberto foi o máximo goleador do torneio, também com oito gols. Giba ainda ajudou a levantar a taça de tetracampeão. 

Com o faro de gol apurado, Rodallega mira agora o foco para o Campeonato Brasileiro da Série B. Nesta sexta-feira (8), o Esquadrão estreia na segundona. O time recebe o Cruzeiro, em duelo marcado para às 21h30, na Fonte Nova.  

Confira a lista de artilheiros da história da Copa do Nordeste

1994 - Fábio (Sport): 5 gols 

1997 - Nildo (Ceará): 6 gols 

1998 - Paulinho Kobayashi (América-RN): 9 gols

1999 - Uéslei (Bahia): 10 gols 

2000 - Leonardo (ABC) e Pedro Costa (Sergipe): 6 gols 

2001 - Kuki (Náutico): 12 gols 

2002 - Sérgio Alves (Bahia): 13 gols

2003 - Nádson (Vitória): 5 gols 

2010 - Cristiano Alagoano (Confiança): 10 gols

2013 - Rodrigo Silva (ABC) e Marcelo Nicácio (Vitória): 5 gols 

2014 - Magno Alves (Ceará): 8 gols 

2015 - Max (América-RN): 6 gols 

2016 - Rodrigão (Campinense): 9 gols 

2017 - Régis (Bahia): 6 gols

2018 - Arthur (Ceará) e Yago (Vitória): 5 gols

2019 - Gilberto (Bahia) e Júnior Santos (Fortaleza): 8 gols 

2020 - Vinícius (Ceará): 5 gols 

2021 - Gilberto (Bahia): 8 gols

2022 - Rodallega (Bahia): 8 gols 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas