Rodoviários decidem amanhã se ônibus voltam a circular em Sussuarana

salvador
03.12.2019, 21:28:00
Atualizado: 03.12.2019, 22:36:02
(Mauro Akin Nassor/CORREIO)

Rodoviários decidem amanhã se ônibus voltam a circular em Sussuarana

O bairro está sem transporte público depois que um ônibus foi incendiado

Os rodoviários farão uma nova reunião na manhã dessa quarta-feira (4) para decidir se vão retomar as atividades no bairro de Sussuarana. A comunidade está sem o serviço de transporte público desde a noite dessa segunda (2), quando homens atearam fogo em um ônibus. Segundo testemunhas, o ataque foi um protesto contra a morte de uma pessoa.

Moradores contaram que o coletivo foi incendiado em manifestação pela morte de um adolescente de 13 anos durante uma ação da Polícia Militar, em Sussuarana Velha, na tarde de segunda-feira. Eles acusam os policiais de agirem com truculência nas abordagens.

Em nota, a Polícia Militar afirmou que uma pessoa morreu durante uma ação no bairro, mas disse que a vítima era um homem adulto. O nome e a idade não foram divulgados. A PM contou que policiais da 48ª Companhia Independente da PM (CIPM/ Sussuarana) realizavam ronda na comunidade do Baixa da Paz, quando encontraram bandidos na região.

“No local, a guarnição foi recebida a tiros por alguns indivíduos e houve revide. Após cessar os disparos, os policiais localizaram um homem ao solo que foi imediatamente socorrido para o Hospital Geral Roberto Santos, onde não resistiu”, diz a nota.

Por volta das 22h30, policiais foram informados por moradores que havia um ônibus em chamas na Avenida Ulisses Guimarães, em Sussuarana, em frente a um posto de combustíveis. A guarnição acionou o corpo de bombeiros, que controlou o incêndio.

A PM garante que reforçou o policiamento no bairro, mas o Sindicato dos Rodoviários resolveu suspender as atividades no local. A reunião desta quarta-feira está marcada para às 8h e vai acontecer na comunidade, com a presença dos rodoviários e da Polícia Militar.

Procurada, a Polícia Civil informou que a Polícia Militar, via Corregedoria, é quem começará a apurar o caso.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/thiaguinho-chora-ao-cantar-musica-que-escreveu-para-fernanda-souza-veja/
Cantor começou a se emocionar durante a canção 'Deixa Tudo Como Está'
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/dancarino-morre-e-outras-duas-pessoas-ficam-feridas-em-ataque-de-faccao/
Três homens e uma mulher em um carro atiraram contra moradores em São João do Cabrito
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/jovem-se-finge-de-gato-e-mia-embaixo-da-cama-para-nao-ser-achado-por-policiais/
Ele é suspeito de ter participado de um latrocínio em Fortaleza
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/do-cordel-a-escultura-leitores-fazem-homenagens-para-correio/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/homem-deixa-delegacia-e-volta-atacar-publico-lgbt-na-porta-de-unidade/
Na madrugada, Edson Macedo invadiu bar Caras e Bocas, destruiu local e agrediu clientes e artistas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/triste-sina-da-mulher-ketchup-8-anos-depois-erenildes-aguiar-enfrenta-depressao/
Sem a fama de antes, arrependida e com doença severa, Erenildes vive de remédios e trancada dentro de casa
Ler Mais