Rodrigo Chagas avalia Raul Prata e Marcelo Alves: 'Duas estreias boas'

e.c. vitória
24.03.2021, 23:14:00
Atualizado: 25.03.2021, 00:00:12
Técnico Rodrigo Chagas orienta o Vitória durante empate com o CRB, no Barradão (Pietro Carpi/ECV)

Rodrigo Chagas avalia Raul Prata e Marcelo Alves: 'Duas estreias boas'

Técnico do Vitória só não gostou do resultado contra o CRB: ‘Gosto de derrota’

O técnico Rodrigo Chagas lamentou bastante após o apito final do empate em 1x1 com o CRB, na noite desta quarta-feira (24), no Barradão. Ao contrário do que ocorreu diante de Santa Cruz e Bahia, o rubro-negro não conseguiu se impor contra a equipe alagoana e desperdiçou a oportunidade de assumir a liderança do Grupo B na Copa do Nordeste.

“Acho que hoje, com o empate, estamos sentindo para caramba. Até porque é um sentimento com gosto de derrota, por aquilo que fizemos e porque poderíamos ter aproveitado as oportunidades”, afirmou o treinador, que promoveu a estreia de dois recém-contratados. 

Titulares contra o CRB, o lateral direito Raul Prata e o zagueiro Marcelo Alves vestiram a camisa vermelha e preta pela primeira vez e deixaram impressões diferentes para o comandante.  

“O Raul teve uma estreia muito boa. Gostei bastante. Principalmente na parte ofensiva. Na realidade, só o tirei pelo fato de o CRB ter colocado um atacante de beirada ali. Eu coloquei, então, o Cedric. Fiz a substituição para a gente poder fortalecer mais o lado direito. Raul fez uma ótima estreia”, elogiou o técnico Rodrigo Chagas. 

“Marcelo também estreou bem. Em alguns momentos, acho que ele está começando a entender a nossa filosofia. Trabalhou, no segundo tempo teve uma crescente melhor quando eu pedi para que ele pudesse colocar mais e achar os passes. Foram duas estreias boas”, concluiu.

Marcelo Alves e Raul Prata entraram nos lugares de João Victor e Van, respectivamente, que ficaram como opções no banco de reservas, mas não foram utilizados na partida. 

Rodrigo Chagas também comentou sobre a atuação de Ruan Nascimento na função de armador das jogadas. "Ruan Nascimento teve uma participação muito boa neste jogo. Um jogador com muita mobilidade, criou bastante. Nós tivemos um segundo tempo muito melhor que o primeiro, criamos bastante. Infelizmente, não caprichamos no terço final, para que a gente pudesse sair com a vitória", disse.

O Vitória volta a entrar em campo pela Copa do Nordeste no sábado (27), às 16h, quando visita o Confiança, no estádio Paulo Barreto, em partida válida pela 6ª rodada do regional. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas