Rodrigo Faro pergunta sobre audiência durante homenagem a Gugu e é criticado na web

em alta
25.11.2019, 10:37:11
Atualizado: 25.11.2019, 10:45:10
(Reprodução)

Rodrigo Faro pergunta sobre audiência durante homenagem a Gugu e é criticado na web

Internautas não perdoaram pergunta que o apresentador fez na 'Hora do Faro'

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O apresentador Rodrigo Faro ficou em uma situação complicada na internet depois de um vídeo do seu programa viralizar na internet. A Hora do Faro foi dedicado a Gugu Liberato, morto na última sexta-feira (22). No meio das homenagens, Rodrigo Faro parece que se esqueceu que estava sendo filmado ao vivo e perguntou sobre a audiência do dominical.

“Como está a audiência?”, indagou, ficando sério, talvez com a resposta que ouviu. Apesar da preocupação com a audiência, Faro se mostrou emocionado com a morte do colega e chegou a chorar em alguns momentos. 

“Eu prometi que não iria me emocionar. Queria pedir desculpa para você de casa. Vou tentar até o final desse domingo dar o meu melhor. Desculpe porque talvez eu não consiga ser o Rodrigo Faro que brinca, mas era esse que o Gugu apostava. Gugu era sinônimo de alegria, emoção”, comentou. “Tenho certeza que ele não iria gostar de me ver triste”, completou. 

No entanto, o que prevaleceu na internet foi a cena do apresentador falando sobre a audiência e os internautas não perdoaram. "EXPLORADOR DA TRAGÉDIA ALHEIA", escreveu um perfil.

"O rodrigo faro é o mais narcisista desses apresentadores de tv até homenageando uma pessoa que morreu ele faz a situação se voltar pra ele meu deus podrissimo", comentou um usuário.

Veja os trechos do programa:

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas