Saiba quais serão as músicas cantadas na canonização de Irmã Dulce no Vaticano

salvador
13.08.2019, 10:38:00
Atualizado: 13.08.2019, 11:06:28
(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)

Saiba quais serão as músicas cantadas na canonização de Irmã Dulce no Vaticano

Celebração acontecerá no dia 13 de outubro

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

No dia 13 de outubro deste ano, a Bem-Aventurada Dulce dos Pobres vai ser canonizada no Vaticano e se tornará a primeira santa nascida no Brasil. Para homenagear a Santa Dulce, a cantora Margareth Menezes e o sanfoneiro Waldonys vão se apresentar na cerimônia.

Ao CORREIO, nesta terça-feira (13) durante celebração do dia litúrgico de Irmã Dulce, o sanfoneiro adiantou detalhes da apresentação.

 Leia mais sobre a história de Irmã Dulce 

As músicas escolhidas para o repertório incluem as do ídolo de Irmã Dulce, Roberto Carlos. Foram selecionadas para a apresentação as seguintes canções: Doce Luz, de Chico Gomes e Léo Passos; Como é grande o meu amor por você, de Roberto Carlos; A vida do viajante, de Luiz Gonzaga; Asa Branca, de Nelson Gonçalves com Luiz Gonzaga; Andar com Fé, de Gilberto Gil; e Dez poemas diferentes, de Santanna, o cantador. No início da celebração, o sanfoneiro vai executar a Ave Maria de Gounod.

Ao lado de José Maurício, o miraculado - o homem que votou a enxergar após rezar para Dulce, Waldonys canta trecho de Doce Luz. Assista: 

De acordo com o artista cearense, a apresentação para a Irmã deve ter entre 15 e 30 minutos. Na tarde desta terça-feira (13), Waldonys ensaia para a cerimônia junto com a cantora Margareth Meneze em Salvador. 

*Com supervisão do chefe de reportagem Jorge Gauthier

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas