Saiba quem pode sacar o PIS/Pasep ainda em 2019

economia
10.09.2019, 16:59:55

Saiba quem pode sacar o PIS/Pasep ainda em 2019

Confira os critérios e saiba se tem direito ao abono salarial do calendário 2019/2020

Nascidos em setembro poderão sacar o abono salarial do calendário 2019/2020 do Programa de Integração Social (PIS) a partir do próximo dia 19 de setembro. Para nascidos até dezembro, será possível receber o benefício ainda em 2019. O valor corresponde ao tempo trabalhado, não superando um salário mínimo (R$ 998), e pode ser recebido pela Caixa Econômica Federal.

Já servidores públicos que têm direito ao Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) precisam atentar para o último dígito do número de inscrição. Se o número for o 2, o trabalhador poderá retirar o dinheiro a partir do dia 19 de setembro. Quem tem até o dígito 4 poderá receber o abono ainda em 2019. O valor deve ser retirado por conta no Banco do Brasil.

É preciso estar cadastrado no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos para ter acesso ao abono. Também é necessário ter recebido remuneração mensal média de até dois salários mínimos durante o ano-base, ter trabalhado para pessoa jurídica por pelo menos 30 dias e ter os dados informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

O dinheiro pode ser recebido como crédito na conta do beneficiário na Caixa (PIS) e no Banco do Brasil (Pasep), transferido ou retirado em agência bancária mediante apresentação de documento com foto.

Confira se tem direito ao pagamento dos abonos salariais ou tire dúvidas:

PIS: No site da Caixa Econômica Federal, no aplicativo Caixa Trabalhador ou pelo telefone 0800 726 0207

Pasep: No site do Banco do Brasil ou pelos telefones 4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas), 0800 729 0001 (demais cidades) ou 0800 729 0088 (deficientes auditivos).

Veja o calendário 2019/2020 do pagamento do PIS/Pasep:

PIS: 

Calendário do PIS de 2019/2020 (Foto: Divulgação/Caixa Econômica)

Pasep: 

Calendário do Pasep de 2019/2020 (Foto: Divulgação/Banco do Brasil)

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas