Saída do Olodum deixa fãs ansiosos: 'ganhei o mundo com a banda'

carnaval
21.02.2020, 16:24:00
Atualizado: 21.02.2020, 17:42:51

Saída do Olodum deixa fãs ansiosos: 'ganhei o mundo com a banda'

Este ano, bloco completa 40 carnavais

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Carnaval sem Olodum não existe. Um dos grupos mais tradicionais da Bahia se apresenta nesta sexta-feira (21), no Pelourinho. A saída ocorre na Rua das Laranjeiras.

Pela primeira vez em 40 anos uma mulher vai comandar a bateria do Olodum. A responsável por marcar o nome na história é a maestrina Andrea Reis.

Por falar em história, o Olodum também está gravado na trajetória da cantora Vânia San, se mistura com a trajetória do bloco. Vânia participou da escola mirim da banda e viajou para países como a França e a Holanda cantando e tocando junto com o grupo.

"Vim participar de uma aula criativa e ganhei o mundo com a banda", afirma a cantora, que não abre mão de acompanhar todos os anos a saída do Olodum.

Foto: Priscila Natividade/CORREIO

Pelo segundo ano, seguido, o professor José Roberto Palmeira e o cabeleleiro Samuel Barreto acompanharam a saída do bloco no Pelourinho. "Ano passado, saimos no Circuito Barra-Ondina, mas esse ano viemos para acompanhar a bateria do olodum no chão", disse Roberto.  

Os dois são apaixonados pelo batuque que só o Olodum tem. "Acompanhei uma vez na pipoca e não larguei mais", completou Samuel.

O CORREIO Folia tem o patrocínio do Hapvida, Sotero Ambiental, apoio institucional da Prefeitura Municipal de Salvador e apoio do Salvador Bahia Airports e Claro.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas