Salvador 473 anos: CORREIO leva assinantes para passeio de barco pela Baía de Todos-os-Santos

salvador
30.03.2022, 06:00:00
(Paula Fróes/Correio)

Salvador 473 anos: CORREIO leva assinantes para passeio de barco pela Baía de Todos-os-Santos

Ação marcou comemorações pelo aniversário da cidade

Em celebração aos 473 anos de Salvador, assinantes do CORREIO foram convidados para um passeio de lancha pela Baía de Todos-os-Santos com direito a pôr do sol em alto mar. Caio Machado, Shirley Menezes e Vanessa Souza foram os sortudos para apreciar a capital baiana a partir da água. 

Saindo da Bahia Marina, a embarcação seguiu em direção à sua primeira parada: a Gamboa. Lá, os assinantes admiraram as casas coloridas que formam as comunidades da Gamboa e do Solar da Unhão e a tradicional Prainha de Pedras. 

(Foto: Paula Fróes/CORREIO)
(Foto: Paula Fróes/CORREIO)
(Foto: Paula Fróes/CORREIO)
(Foto: Paula Fróes/CORREIO)
(Foto: Paula Fróes/CORREIO)
(Foto: Paula Fróes/CORREIO)
(Foto: Paula Fróes/CORREIO)
(Foto: Paula Fróes/CORREIO)
(Foto: Paula Fróes/CORREIO)
(Foto: Paula Fróes/CORREIO)
(Foto: Paula Fróes/CORREIO)
(Foto: Paula Fróes/CORREIO)

Um dos locais mais aguardados por Shirley, Vanessa, Caio e seu acompanhante Danilo, foi a Orla da Barra. Nenhum dos assinantes resistiu ao cenário do Farol da Barra visto do mar e exploraram todos os ângulos que conseguiram para garantir as fotos de lembrança 

Ainda no bairro que abriga o ponto turístico, eles visitaram a praia do Porto da Barra de outro ângulo, assim como o Forte Santa Luzia, onde se encontra um píer de pedras em que muitas pessoas vão para pular e mergulhar no mar.

A praia ao lado do Museu de Arte Moderna da Bahia, conhecida como Prainha do MAM, foi outro espaço que, visto do barco, tirou o fôlego da tripulação. O mar tranquilo refletia com perfeição os raios do sol, o que tornou a vista ainda mais bonita, segundo os assinantes.

Ali pertinho, do lado esquerdo da Prainha do MAM, fica a Prainha da Preguiça, outro lugar digno de ser explorado em Salvador. 

“É uma experiência assim…surreal, eu estou feliz e agradecida por ver Salvador assim e por passar por lugares tão bonitos, que a gente sabe que tem, mas estar neles transmite uma energia. Eu amo essa cidade”, afirmou Shirley Menezes

Shirley faz aniversário junto com Salvador. A assinante nasceu no mesmo dia em que se comemora a fundação da cidade, erguida a partir de março de 1549. Ela completou 44 anos, enquanto a capital da Bahia celebrou 473. Por isso, ela afirma se sentir conectada com todos os cantos da cidade.

Vanessa Sousa, 40 anos, chegou para o passeio com boas expectativas e saiu com cada uma delas atendida. Foi a primeira vez que ela andou de lancha e contou que já pretende viver a experiência outras vezes. 

“Isso aqui é uma maravilha, eu estava super empolgada para subir no barco e está sendo ótimo. As paradas são um plus, porque Salvador é isso, uma cidade linda, cheia de lugares para explorar e que me deixa muito feliz de ser soteropolitana”, afirmou Vanessa.

Já Caio Machado, 34, escolheu seu amigo, Danilo Bittencourt, 38, para acompanhá-lo no passeio de lancha. Para ele, foi um presente poder conhecer Salvador por outra perspectiva. 

“Eu ganhei um presente para ver Salvador de um outro ângulo, essa Baía de Todos-os-Santos linda e toda a sua arquitetura, história e paisagens de praias que são incríveis, esse está sendo um presentão”, destacou Caio.

O passeio durou quatro horas e teve como última parada o Forte São Marcelo. Lá, os leitores se despediram da aventura com um dos fenômenos mais admirados em Salvador: o seu pôr do sol. 

Veja o especial de aniversário Rota Salvador 473

O Aniversário de Salvador é um projeto do Jornal Correio com patrocínio do Hospital Cárdio Pulmonar, Wilson Sons, Salvador Bahia Airport e Unifacs, apoio institucional da Prefeitura Municipal de Salvador, FIEB e Sebrae, apoio de Suzano, Abaeté Aviação, Sotero, Shopping Center Lapa, Jotagê, AJL, Comdados.

*Com a orientação da subchefe de reportagem Monique Lôbo

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas