Salvador tem mutirão para recolher óleo das praias nesta quinta-feira (17)

salvador
17.10.2019, 09:15:39
Atualizado: 17.10.2019, 09:22:53
(Arisson Marinho/CORREIO)

Salvador tem mutirão para recolher óleo das praias nesta quinta-feira (17)

Só na quarta (16), foram retiradas 15 toneladas de petróleo cru nas praias da Pituba e do Jardim dos Namorados

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um grupo de voluntários realiza um mutirão para retirada de óleo das praias de Salvador na manhã desta quinta-feira (17). As atividades começaram às 8h.

Os voluntários convocam a população para ajudar a retirar o material tóxico que invade as praias baianas há uma semana. Só nesta quarta (16), foram retiradas 15 toneladas de petróleo cru nas praias da Pituba e do Jardim dos Namorados.

(Foto: Arrison Marinho/CORREIO)

O mutirão acontece nos bairros de Ondina (Praia da onda), Rio Vermelho (Praia da Paciência), Pituba (Colônia de Pescadores) e Stella Maris (Stella Surf School). Para participar basta ir até o local usando luvas e sapatos fechados e levar algum palito para a remoção do óleo, que não pode ser tocado com as mãos por ser tóxico.

Nível de óleo nas praias nesta manhã:

  • Ondina (Praia da Onda) - 20%
  • Rio Vermelho (quadra) - 40%
  • Amaralina (largo das baianas) - ?
  • Pituba (colônia de pescadores) - 30%
  • Jardim de Alah - <10%
  • Picolino - <10%
  • Stella Maris - 60%
  • Flamengo - 30%
  • Buraquinho - <1%
  • Jauá - <1%
  • Guarajuba - <10%
  • Praia do Forte - 10%

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas