Salvador terá operação emergencial de transporte durante paralisação desta sexta

salvador
08.07.2021, 19:51:08
Atualizado: 08.07.2021, 19:58:35
(Arquivo Correio)

Salvador terá operação emergencial de transporte durante paralisação desta sexta

Rodoviários protestaram nesta quinta por atraso nos pagamentos de ex-funcionários da CSN e anunciaram assembleia nas garagens na manhã desta sexta  

Após anúncio de paralisação dos rodoviários da antiga CSN, que vai ocorrer no início da manhã desta sexta-feira (9), das 4h às 8h, a Secretaria de Mobilidade (Semob) da Prefeitura de Salvador preparou uma operação emergencial para garantir o atendimento dos usuários do transporte coletivo da cidade. Os rodoviários irão se reunir em assembleia nesse horário, por isso, a saída dos coletivos das garagens será atrasada.
 
A operação contará com veículos da OTTRANS, Plataforma e do Transporte Complementar (STEC), os amarelinhos, que irão atuar em linhas operadas pela Prefeitura. Ao todo, 47 linhas serão afetadas com a paralisação, que atendem a região da Estação Mussurunga, Orla e Centro. Ônibus da concessionária OTTRANS irão circular em 13 linhas, a maioria na Estação Mussurunga. Os veículos da Plataforma ficarão com 11 linhas e os amarelinhos, sete linhas. 
 
Dezessete linhas serão suspensas, porém, os usuários poderão integrar com outra linha ou com o metrô. Agentes de trânsito e transporte e prepostos das empresas estarão nos principais pontos para orientar os usuários. Após a finalização da assembleia dos rodoviários, a operação será normalizada.
 
Protesto na Lapa
 
Mais cedo, um grupo de rodoviários fez um protesto em frente à Estação da Lapa, que ficou fechada por conta da manifestação. O ato foi em solidariedade aos 1.118 colegas e ex-funcionários da CNS. 
 
O sindicato dos rodoviários e os empresários da CNS fizeram acordo após mediação do Tribunal Regional do Trabalho, mas os trabalhadores alegam que o documento ainda não foi homologado pelo TRT e que alguns trabalhadores seguem sem receber os direitos. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas