Salvador vai dispensar espera de 20 minutos após vacina de crianças se houver filas

salvador
14.01.2022, 09:47:27
(Betto Jr./Secom)

Salvador vai dispensar espera de 20 minutos após vacina de crianças se houver filas

Prefeito Bruno Reis disse que também não vai cobrar declaração por escrito se isso causar aglomeração

O Ministério da Saúde fez algumas recomendações para a vacinação das crianças de 5 a 11 anos, mas o prefeito Bruno Reis (DEM) disse que vai dispensar algumas das medidas exigidas pelo órgão caso elas provoquem aglomerações nos postos.

Ele está se referindo a recomendação de que após aplicada a dose a criança fique em observação por 20 minutos no posto e a exigência de uma declaração dos pais autorizando a imunização.

"Tem que aguardar 20 minutos para ver se vai ter alguma reação adversa e só assim será liberada. Porém se tiver risco de aglomeração, se por conta disso, tiver grandes filas, eu vou abrir mão dessa exigência. E aí pode vir Ministério da Saúde ou outro órgão para adotar as providencias que acharem cabíveis", afirmou o prefeito, nesta sexta-feira (14).

Bruno disse que acha difícil que uma reação aconteça nesse intervalo de tempo. "Eu não sou especialista em área de saúde, mas é muito difícil uma criança ter uma reação adversa em 20 minutos. É muito difícil, pode ter depois, e nós temos uma estrutura para atender, como temos para outras idades", disse.

O prefeito também lamentou a burocracia imposta pelo governo federal para vacinar as crianças. "Infelizmente a gente lamenta a dificuldade dos processos. As crianças vão ter que levar autorização por escrito para serem vacinadas. Além da presença do pai, da mãe ou do responsável, precisa ter uma declaração escrita. Tudo isso só traz mais embaraços", completou. 

A expectativa da prefeitura é começar a vacinação das crianças com deficiência ainda nesta sexta-feira. Já no sábado (15), começam a ser imunizadas todas as crianças com 11 anos que moram em Salvador. O município espera receber 17 mil doses, mas tem 20 mil crianças com essa faixa etária recadastradas no sistema. Uma nova remessa é aguardada para o domingo (16). 

Atraso das doses
A entrega de doses de vacina da Pfizer para crianças entre 5 e 11 anos foi postergada pela terceira vez pelo Ministério da Saúde. Agora, de acordo com a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), a previsão é que as doses desembarquem no estado às 14h40.

"Infelizmente, a inconsistência de informação prejudica o planejamento de estados e municípios na distribuição dos imunizantes", escreveu a Sesab no Twitter. São, ao total, 16 mil imunizantes previstos para ser entregues nesse primeiro lote. 

A intenção da Sesab era iniciar a vacinação deste público na tarde desta sexta-feira (14). 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas