Salvador volta a registrar maior alta semanal de combustíveis entre as capitais do Brasil

salvador
07.12.2021, 19:01:00
Atualizado: 07.12.2021, 19:03:15
(Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Salvador volta a registrar maior alta semanal de combustíveis entre as capitais do Brasil

Na última semana, preço médio da gasolina cresceu 4,15%, já o óleo diesel subiu 1,84%

A cidade de Salvador voltou a liderar uma lista pouco desejada pelo consumidor. Segundo os dados da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), na última semana, a capital baiana registrou a maior alta nos preços médios da gasolina e do óleo diesel B S-10 dentre todas as capitais do país, com elevações de 4,15% e 1,84%, respectivamente. 

Nos 77 postos analisados em Salvador, o litro da gasolina foi vendido, em média, a R$ 6,956, com o preço máximo atingindo R$ 7,099. Já o litro do óleo diesel B S-10 registrou o valor médio de R$ 5,657, com máximo de R$ 5,899, entre 61 postos pesquisados.

O etanol, por sua vez, não deixou a desejar em relação ao aumento de preços. Vendido a uma média de R$ 5,761 em Salvador, o litro do composto sofreu um aumento de 1,77%, o segundo maior entre as capitais do país, na semana entre os dias 28 de novembro e 04 de dezembro. O primeiro lugar fica com Palmas (TO), que registrou alta de 2,39%.

O ponto de alívio se deu em relação ao gás de cozinha. Ainda de acordo com a ANP, o botijão de gás teve uma baixa de 0,79% em seu preço médio no período, sendo vendido a R$ 92,589. No entanto, foi possível encontrar o botijão a um preço máximo de R$ 102 na capital.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas