Samarco será reiniciada no início de 2020, diz presidente da Vale

brasil
16.10.2018, 11:50:00
Atualizado: 16.10.2018, 11:50:15
Tragédia de Mariana completa três anos em novembro (José Cruz/Agência Brasil )

Samarco será reiniciada no início de 2020, diz presidente da Vale

Executivo informou ainda que a empresa consumiu R$ 5,3 bilhões em indenização

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A operação da mineradora Samarco deverá ser reiniciada no início de 2020, segundo o presidente da Vale, Fabio Schvartsman, que participa do evento FT Commodities, no Rio de Janeiro.

O executivo informou ainda que a empresa consumiu R$ 5,3 bilhões em indenização e que esse valor não representa nem a metade do que deve ser gasto para compensar as pessoas prejudicadas pelo acidente provocado pela mineradora.

"A percepção por causa do acidente da Samarco foi muito ruim. Mas o que podemos fazer? Todos lamentamos muitíssimo, mas temos que seguir em frente. Nossa fundação tem o objetivo de indenizar os afetados pelo acidente. É importante enfatizar que foi uma opção, porque, se quiséssemos podíamos deixar por conta do judiciário, que é lento. Mas fizemos o contrário", afirmou o presidente da Vale.

Ele ainda acrescentou que negocia com a sócia BHP a composição da Samarco para retomar a operação. "É muito mais importante ter esse recomeço do que saber quem vai administrar a empresa", complementou.

Durante o evento, o presidente da Vale ainda informou que o contrato firmado no ano passado para que permaneça no cargo se encerra no ano que vem, mas que há a possibilidade de renová-lo.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas