São João: edição do CORREIO da próxima terça (21) acompanha dois copos de licor

bahia
15.06.2022, 05:00:00
(Divulgação)

São João: edição do CORREIO da próxima terça (21) acompanha dois copos de licor

Copos podem ser comprados por R$ 4,00 junto à edição do jornal

Se você não comprou o seu licor ainda, é melhor adiantar o lado, porque na próxima terça-feira (21), você poderá adquirir dois copinhos de licor, lançados pelo CORREIO, especiais para o São João. Os copos podem ser comprados por R$ 4,00 junto à edição, que estará à venda nas bancas em todos os pontos, exceto as grandes redes (supermercados).

Serão 10.250 exemplares com copos, que estarão disponíveis até durar o estoque. “Os dois copinhos estão sendo lançados pela segunda vez, a última edição foi no São João do ano passado. Em 2021, foi um sucesso, vendemos tudo em questão de instantes e houve uma grande procura por ele já no início deste ano, por isso, resolvemos lançar a duplinha de novo, que são dois minicopos para tomar dose de licor”, explicou a supervisora de vendas do CORREIO, Quívia Torres. 

Serão dois copos nas cores azul e amarelo. Segundo Quívia, as cores são pensadas para trazer a energia dos festejos. “Vamos lançar na terça porque acreditamos que a cidade já esteja no clima das comemorações, ainda mais esse ano que a expectativa é que o São João seja estourado”, completou a supervisora de vendas. 

O assinante pode ligar para a central de atendimento solicitando os copos na terça-feira através do número (71) 3480-9140. Serão contemplados os primeiros 100 que entrarem em contato somente por telefone. A entrega é realizada somente para os assinantes na capital. O jornal também será vendido sem copos por
R$ 1,75.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas