Sebrae promove oficina sobre negócios relacionados a games

tecnologia
24.10.2020, 19:00:00
(Marcello Casal/ABr)

Sebrae promove oficina sobre negócios relacionados a games

A atividade quer estimular a área de jogos eletrônicos no país

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná (Sebrae-PR) promove neste sábado (24) uma oficina sobre oportunidades de negócios relacionados a jogos eletrônicos (games, em inglês). A atividade é voltada a desenvolvedores de software, empresas de tecnologia, startups e empreendedores interessados em conhecer mais o segmento.

A atividade quer estimular a área de jogos eletrônicos no país, trabalhando a modalidade como alternativa econômica para pequenos empreendedores. Outro intuito é discutir como empregar métodos de jogos em negócios, a chamada gamificação.

A participação é gratuita. Para acompanhar a atividade, basta se inscrever no site do Sebrae do Paraná.

O formato do encontro será de mesas redondas e outras formas de reuniões virtuais, e foi definido em função das restrições da pandemia do novo coronavírus (covid-19). Palestrantes falarão sobre economia criativa, o mercado de jogos eletrônicos e o crescimento dos e-sports.

Um dos debates focará o uso de práticas de gamificação em atividades diversas da gestão de negócios, como em treinamentos corporativos, com o pesquisador de jogos digitais e analógicos Leandro Dias.

Segundo o consultor do Sebrae Paraná Perseu Bastos, os organizadores querem expandir o uso do lúdico nas atividades empresariais. “O intento é utilizar o lúdico para engajar pessoas, resolver problemas, fazer melhores ações de marca. Além da indústria bilionária dos jogos de entretenimento, queremos trazer conexão com jogos corporativos, que se tornam um meio para resolver problemas nas empresas”, explica.

De acordo com o Sebrae, existem no Brasil 375 empresas desenvolvedoras de jogos, de acordo com o Censo Brasileiro da Indústria de Jogos Digitais de 2018. Dessas, 71% são microempresas que formam a maioria desse universo.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas