Secretário de Doria paga passagem para morador de rua voltar ao Maranhão

brasil
13.06.2017, 14:03:00
Atualizado: 13.06.2017, 16:02:52

Secretário de Doria paga passagem para morador de rua voltar ao Maranhão

A secretaria afirmou que apenas quem manifestar o interesse em deixar São Paulo será avaliado pelo município

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social de São Paulo paga passagens a moradores de rua ou dependentes químicos da capital que desejem voltar ao Estado ou cidade natal. 

A secretaria afirmou que apenas quem manifestar o interesse em deixar São Paulo será avaliado pelo município. Se for da vontade da pessoa, uma equipe de assistentes sociais pesquisa se existem familiares ou amigos que podem acolher e dar suporte em seu retorno. Segundo a administração Doria, são oferecidas, em média, 100 passagens mensalmente. Em 2016, 1.416 pessoas foram atendidas.

De acordo com a pasta, já existe desde 2003 o Centro de Referência do Migrante no Terminal Rodoviário do Tietê, que oferta kit viagens, refeições, passes de Metrô, encaminhamento para serviços socioassistenciais e passagens rodoviárias.

Neste domingo (11), o secretário municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, Filipe Sabará, divulgou um vídeo nas redes sociais, acompanhado de um suposto morador de rua, identificado como Antônio, em que o presenteou com uma passagem para São Luís, no Maranhão. 

O secretário fala que o homem foi atendido na unidade de atendimento emergencial (UAE), instalada desde o dia 5 em contêineres na Rua General Couto de Magalhães, região central, e levado ao Terminal Rodoviário do Tietê, na zona norte da capital

No vídeo, o secretário de Doria, exibe um kit recebido por Antônio com escova de dente, toalha, sabonete e cobertor e ressalta que agora "ele está voltando com dignidade".

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas