Secretários destacam importância de manter viva a celebração do 2 de Julho

salvador
02.07.2022, 09:11:00

Secretários destacam importância de manter viva a celebração do 2 de Julho

Veja as principais declarações

Uma das mais importantes festas do calendário baiano, a celebração no 2 de Julho, data em que se comemora a Independência da Bahia, contou com a participação de diversos secretários estaduais da cidade.

Nas declarações, eles destacaram a importância da data, a luta pela preservação das tradições do povo baiano e como a data também lembra outras importantes lutas. Veja:

ACOMPANHE AQUI A COBERTURA COMPLETA DO DOIS DE JULHO

Secretário de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia, Carlos Martins:
“O 2 de Julho é o reforçar das nossas tradições, a consolidação da independência do Brasil. Tudo começou aqui na Bahia e é importante que a gente reverencie nossos ídolos , reverencie a nossa cultura e a nossa tradição. Estamos aqui justamente para isso, para caminhar e, nesse momento da vida nacional, reafirmar nossos conceitos de liberdade e de democracia”.

Foto: Divulgação

Secretário de Administração Penitenciária do Estado, José Carlos Gonçalves
“Trata-se de um evento de cunho nacional, porque a Independência do Brasil só se consolidou mesmo na Bahia, no dia 2 de Julho de 1823, com essa população formada pela matriz brasileira, uma amálgama de todas as tonalidades de pele, que é o que somos verdadeiramente. Estamos mais uma vez felizes de poder comemorar essa data”.

(Foto: Divulgação)

Secretária estadual de Cultura, Arany Santana
“O 2 de Julho é cada um de nós, o 2 de Julho é o povo, esse povo aguerrido que expulsou os portugueses, que lutou contra a opressão. Então, essa data para a gente é importante, porque nos lembra que não foi o exército armado que expulsou a opressão desse país, desse estado, foi o povo. A vontade do povo, o desejo do povo é supremo, está acima de tudo e de todos. E viva o 2 de Julho. Por isso, o 2 de Julho é tão simbólico para nós baianos. É dia de fortalecermos, refletirmos, recarregarmos as baterias e continuarmos a luta, que a nossa luta é incessante, é contínua”.

(Foto: Divulgação)

Secretária estadual de Políticas para as Mulheres, Julieta Palmeira
“O 2 de Julho foi a data em que realmente se conquistou a Independência do Brasil, uma data emérita nacional. As mulheres tiveram uma participação decisiva, como é o caso de Maria Quitéria e Joana Angélica. Houve muitas mulheres na luta, desde o Recôncavo até Salvador. Isso é algo extraordinário que temos que destacar nessa data”.

(Foto: Divulgação)

Secretário estadual da Educação, Danilo Melo
“Nós temos que fazer da educação sempre um instrumento de democratização e acesso a todos. A grande mensagem do 2 de Julho é a do civismo engajado com a liberdade e a democracia. É preciso que os jovens e as crianças compreendam o valor da luta para preservar os valores democráticos”.

(Foto; Divulgação)

Secretária estadual de Promoção da Igualdade Racial, Fabya Reis
“A Independência é o desdobramento do conjunto das lutas, como a Revolta dos Búzios e a Revolta dos Malês. Tem ainda a presença de Maria Felipa, lembrando que esse também é o Julho das Mulheres Negras”. Fabya ainda ressaltou que o 2 de Julho é uma manifestação cívica por democracia e por liberdade.

(Foto; Divulgação)


***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas