Sedada, ex-primeira dama Marisa Letícia segue em estado grave

brasil
26.01.2017, 09:33:00

Sedada, ex-primeira dama Marisa Letícia segue em estado grave

Esposa do ex-presidente Lula está no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, desde a última terça, quando sofreu um AVC

A ex-primeira dama Maria Letícia segue sedada e em estado grave no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Ela deu entrada na unidade na terça-feira (24), depois de sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Ontem, ela passou por um novo procedimento cirúrgico para a passagem de um cateter ventricular para monitoramento da pressão intracraniana. 

De acordo com o Dr. Roberto Kalil Filho, chefe da equipe médica, Marisa já tinha um aneurisma identificada há dez anos. Ela fazia o acompanhamento clínico, mas não houve a indicação de cirurgia. Foi esse aneurisma que se rompeu. 

Resultado de imagem para marisa leticia correio 24h
Estado de saúde de Marisa Letícia é considerado grave pelos médicos (Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula)

"O paciente hipertenso tem que se cuidar. No dia a dia a sua pressão varia, mas ela teve um quadro de crise hipertensiva e isso provavelmente rompeu o aneurisma", explicou o médico. A previsão é de que ela seja tirada da sedação em dois dias para saber como vai reagir ao Cateter. 

Não há previsão por quanto tempo a esposa do ex-presidente Lula ficará internada na UTI, mas deve ficar em coma induzido até reduzir a pressão intracraniana. Logo após dar entrada no hospital, ela passou por um cateterismo para conter dois pontos de hemorragia no cérebro.

O presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, afirmou que Lula está "preocupado e muito esperançoso". Ele segue no hospital acompanhando a esposa, que passou mal em casa e chegou ao hospital ainda consciente.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas