Segunda onda de covid interromperá Copa da França até dezembro

esportes
29.10.2020, 13:18:00
Atualizado: 29.10.2020, 13:20:22
(Icon Sport / Divulgação )

Segunda onda de covid interromperá Copa da França até dezembro

A Federação Francesa alertou que as competições que irão continuar serão com portões fechados

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Federação Francesa de Futebol (FFF) anunciou, nesta quinta-feira, a suspensão da disputa da Copa da França e de todas as ligas amadoras, masculinas e femininas, até 1º de dezembro por causa da segunda onda do coronavírus no país.

A decisão foi tomada após o governo local determinar lockdown parcial na quarta-feira, quando a França registrou mais de 36 mil casos de covid, com 244 mortes. "O mundo do futebol deve se juntar ao esforço coletivo contra a segunda onda dessa epidemia", escreveu a FFF em um comunicado oficial.

A suspensão vai parar as disputas da National 3 (terceira divisão), National 2 (quarta divisão), a segunda divisão do futebol feminino, a Copa da França, e os campeonatos de categorias de base, para homens e mulheres. Todas as competições terão seus jogos remarcados. As três primeiras divisões do futebol masculino (Ligue 1, Ligue 2 e National), o Campeonato Francês feminino e os jogos das seleções continuarão em atividade, com portões fechados.

A temporada passada, por causa do início da pandemia, teve a suspensão do Campeonato Francês em março, com o Paris Saint-Germain declarado campeão em abril, após o encerramento prematuro da competição.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas