Segunda tenda do hospital de campanha no Wet'n Wild será desmontada essa semana

coronavírus
17.11.2020, 11:02:00
Atualizado: 17.11.2020, 15:26:34
(Divulgação)

Segunda tenda do hospital de campanha no Wet'n Wild será desmontada essa semana

Prefeito afirmou que há plano de contingência para reativar leitos se for necessário

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O segunda tenda do hospital de campanha no Wet'n Wild será desmontada ao longo da semana, segundo disse nesta terça-feira (17) o prefeito ACM Neto. Ele explicou que a situação da covid-19 está sob controle em Salvador, mas que ainda assim há um plano de contingência caso seja preciso reativar os leitos, se houver futuro aumento de casos. 

"A tenda 1 já foi desativada. A tenda 2 entra em processo de desativação ao longo dessa semana. Estamos com a taxa de ocupação dos leitos clínicos em 52%, dos de UTI em 50%. Isso nos permite ativar o processo de desmobilização da tenda 2 do Wet'n Wild. Mas também quero deixar claro que já temos um plano de contigência caso haja um aumento dessa taxa de ocupação dos leitos de UTI", disse Neto. "Já temos 30 leitos que poderiam ser reativados a qualquer instante. 10 no Hospital Municipal, 20 no Hospital de Referência Itaigara. O governo do estado também tem o plano dele, focado na possibilidade de caso necessário, a reativação dos leitos da Arena Fonte Nova", afirmou o prefeito, durante entrega de etapa requalificada da Estrada Velha do Aeroporto, nesta manhã.

No final de semana, houve um aumento da taxa, no que o prefeito chamou de "um sustozinho", mas agora ela já foi novamente estabilizada e é administrável, avaliou Neto. "Está por enquanto tudo sob controle. No final de semana a gente passou por um sustozinho, houve um aumento dessa taxa, mas com as altas dadas e a regulação feita, ela voltou para o patamar de 50%, que é um número a nosso ver confortável, bem administrado. Qualquer necessidade que haja, a gente está pronto para reativar leito", reafirmou.

O prefeito lembrou que na sexta anunciou algumas flexibilizações, incluindo a de praias, e é preciso observar como tudo vai acontecer a partir de agora. Ele lembrou que cuidados ainda são necessários. "Não dá para ser tomado pelo otimismo, da mesma forma que não há nenhuma situação extremamente preocupante, ou de alerta vermelho, mas a gente sempre tem que andar com a luz amarela acesa", disse.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas